Artesãos cearenses estão cada vez mais profissionalizados

Posted on

untitledA Feira Cearense da Agricultura Familiar é uma iniciativa que visa conhecer uma diversidade de produtos ligados não apenas a agricultura familiar mas, também, a um outro universo que tem a marca da inspiração nordestina, o artesanato.

 

Dilauba Lima e Ana Lúcia do Nascimento são artesãs há mais de 20 anos e são exemplo do crescimento do setor no Ceará. Elas fazem parte da Associação dos Feirantes Artesãos de Fortaleza (AFAF) e atualmente participam de eventos e congressos em todo o estado e fora do Ceará.

 

“Começamos pela necessidade por conta do desemprego. Mas nos interessamos e começamos a nos profissionalizar e amamos o nosso trabalho”, conta Ana Lúcia, que vai participar de um congresso no Rio Grande do Sul representando o artesanato cearense.

 

As artesãs participam de eventos e feiras em shoppings, terminais de ônibus, congressos. Os preços dos produtos variam de R$15 a R$20.