Pernambuco se destaca em transplantes de orgãos

Posted on

De acordo com a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), Pernambuco está em segundo lugar no número de transplantes de coração e de medula óssea no Brasil, atrás apenas de coraçãoSão Paulo. O balanço é do primeiro semestre de 2015.

“Os números mostram o empenho da Central de Transplantes, equipes de procura de órgãos, comissões intrahospitalares de transplantes, centros transplantadores e da própria sociedade para que as filas de espera por um órgão ou tecido diminuam no Estado. Esperamos que notícias como essa possam se propagar e mostrar a importância desse ato de solidariedade, para que mais pessoas se declarem como doadoras”, diz a coordenadora da Central de Transplantes de Pernambuco (CT-PE), Noemy Gomes.

Entre janeiro e junho de 2015, foram realizados 25 procedimentos de coração em Pernambuco, um aumento de 150% em relação ao mesmo período de 2014, quando foram feitos 10. Durante todo o ano de 2014, foram 25.

No caso de medula óssea, foram 111 procedimentos no primeiro semestre, enquanto que em 2014 foram 113. Em todo o ano de 2014 foram 214 transplantes. “Precisamos chamar a atenção da sociedade que qualquer pessoa em vida pode ser um potencial doador de medula óssea. Basta se cadastrar no Hemope, onde será retirada uma pequena quantidade de sangue para que sejam feitas as análises.”, afirma a coordenadora.

Outro destaque é no número de transplantes de rim. Pernambuco é o primeiro lugar no Nordeste e sexto do Brasil, com 170 procedimentos, um aumento de 24% em relação ao primeiro semestre de 2014, quando foram computados 137.

 

Fonte: Governo do Estado de Pernambuco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.