Secult prepara programação para oDia da Consciência Negra

Posted on

RTejo_MarEm homenagem ao Dia da Consciência Negra, celebrado neste 20 de novembro, equipamentos da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará promovem uma programação especial ao longo de todo o mês. Nesta sexta-feira (20), o Teatro Carlos Câmara recebe a partir das 9h o Festival Internacional de Folclore do Ceará com apresentações do Escola vai ao Teatro. Às 19h, acontece apresentação especial do Maracatu Solar, com lançamento da loa (canção oficial do carnaval) de 2016.

Na sequência será realizado um debate sobre “Consciência Negra, Maracatu e OGUM“. As atividades são gratuitas e possuem classificação livre.

Já no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, a comemoração pelo Dia da Consciência Negra terá show de Calé Alencar & Maracatu Nação Fortaleza, sendo seguida do Lançamento do álbum Calé Alencar Por Todos os Santos. A atividade é gratuita e será realizada às 20h, no Espaço Rogaciano Leite Filho (palco sob a passarela).

Cinema e Debate
O Cineteatro São Luiz, que já exibe programação especial sobre o tema desde o começo do mês, segue na próxima semana com a exibição de nove filmes voltados para o Dia da Consciência Negra, na sessão “Café com Curtas”, que acontece às 12h30, na quinta (26/11) e sexta-feira (27/11). Os filmes retratam desde as manifestações e os costumes da cultura afro até a questão do racismo no País.

De 12 a 14 de novembro, houve a exibição de curtas-metragens e também do documentário Negro Lá Negro Cá (2015), dirigido pelo cineasta Eduardo Cunha, com sessão gratuita seguida de debate. O filme mostra a visão de quatro imigrantes africanos, residentes em Fortaleza – CE, sobre o que é o racismo, o que eles pensam sobre o assunto e como lidam com a relação de opressão.
Dança e Teatro de Rua

A programação especial dos equipamentos da Secult alusiva ao Dia da Consciência Negra teve início na quarta-feira (11) com espetáculos exibidos no Teatro Carlos Câmara (Rua Senador Pompeu, 454 – Centro) e no Theatro José de Alencar (Rua Liberato Barroso, 525- Centro). No TCC, o público pode conferir o espetáculo de dança Tempero Tempo, da bailarina Elane Fonseca. Nele, a artista compartilha vivências de atravessamentos e encruzilhadas dançando com orixás, saboreando o tempero da negritude. E no Theatro José de Alencar foi exibido o espetáculo de teatro Todo Camburão Tem Um Pouco De Navio Negreiro, do Grupo Nóis de Teatro, uma apresentação gratuita que aconteceu na calçada do teatro e integrou a programação do VI Festival Popular de Teatro de Fortaleza, apoiado pela Secult, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Veja a programação completa aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.