Governo do Estado investe R$ 1,1 bilhão em ações para o trânsito

Posted on

tranO Estado do Ceará lançou um pacote de investimentos para redução de acidentes de trânsito, que envolve, entre outras ações, a implantação e restauração de 1.262,87 quilômetros de rodovias estaduais, em investimento superior a R$ 1,1 bilhão. As medidas foram anunciadas durante o lançamento da campanha Seja você a mudança no trânsito. Respeite a vida, nesta terça-feira (1º), no Palácio da Abolição.

“Vamos fazer a campanha em televisão, escolas, blitze, incluindo também a iniciativa privada. Assinamos vários termos de cooperação com empresas e hotéis, bares, com promoções para que possamos divulgar e envolver a sociedade”, afirmou o governador.

Durante o evento, o governador Camilo Santana anunciou a ampliação da Carteira Nacional de Habilitação Popular para a categoria B (carro). Ele entregou 20 CNHs Populares a cidadãos contemplados, além de presentear capacetes a aprovados na categoria A (moto). Os investimentos incluem ainda a ordem de serviço para a instauração da Ciclovia do Cariri, 27 passarelas e 10 novos postos de fiscalização do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE).

O agricultor familiar Manuel Evangelista da Silva, de Independência, foi um dos beneficiados com uma Carteira Nacional de Habilitação Popular, categoria A. “É um momento para nós, que somos motoqueiros, de andar com responsabilidade, regulamentado, para não correr perigo no trânsito. É importante receber essa formação, que eu já tinha na minha cabeça, mas hoje aumenta ainda mais. Nós sabemos que para nós que vivemos no sertão, é caro tirar uma habilitação, mas nós vemos o interesse do nosso governador pelas classes mais baixas. Foi de grande riqueza receber essa carteira, fruto do esforço do Camilo Santana”, disse.

Além dos investimentos, o Governo do Estado está desonerando equipamentos para ciclistas e motociclistas. Bicicletas, capacetes para motos e protetor dianteiro e traseiro para motos terão as alíquotas de Imposto sobre Circulação e Serviços (ICMS) reduzidas de 17% para 7%. “Fizemos também investimentos em infraestrutura em rodovias, novos postos de fiscalização, duplicação de estradas, garantindo mais segurança para quem transita nelas, um conjunto de ações de incentivos fiscais, redução de IPVA, isenção de ICMS. É importante o envolvimento dos municípios na fiscalização, na orientação. É uma pactuação em que buscamos sensibilizar a sociedade para que todos façam parte desse movimento”, ressaltou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.