Empresa Kadoshi vai gerenciar torneio da Liga Nordeste de Basquete

Posted on

índiceA agência de marketing esportivo Kadoshi, com sede em São Paulo, ainda não completou um ano de atividades, mas já está com a agenda repleta para 2016. A empresa acaba de ser escolhida para realizar a gestão do campeonato da Liga Nordeste de Basquete, que tem início em maio, com a participação de 340 equipes, masculino e feminino, das regiões Norte e Nordeste, com o nome de Super Copa do Nordeste de Basquete – maior torneio entre clubes do Brasil, em qualquer modalidade.

“O atual campeonato, que existe desde 2009, possui a chancela da Confederação Brasileira de Basquete, como torneio oficial regional, mas o vencedor sempre fica apenas com o prestígio de conquistar o primeiro lugar, pois nada mais acontecia, com pouco incentivo e baixa visibilidade. Na nova gestão estamos estudando a valorização das equipes, e devemos apresentar o formato da competição e um pacote de premiações para as agremiações, assim como acontece nos Estados Unidos hoje”, diz Rogério Fernandes, diretor da Kadoshi.

A nova gestão tem contrato de cinco anos com a Liga Nordeste de Basquete e tem como principais objetivos trazer novos parceiros comerciais, negociação de direitos de TV, comercialização de quotas de patrocínio, desenvolvimento de leis de projeto de incentivo fiscal, entre outras ações. “Como ex-atleta entendo bem as necessidades dos esportistas e as limitações atuais para o desenvolvimento do esporte no país. Em ano olímpico, uma de nossas metas é trazer visibilidade para o jogador profissional e ajudar a colocar o Brasil no centro das atenções”, afirma o executivo.

A Super Copa do Nordeste de Basquete terá etapas com jogos entre as 340 agremiações, com etapas regionais em turno e returno e as melhores equipes se qualificam para os playoffs (fase decisiva com disputa de melhor de três jogos), com a final em outubro de 2016.

As equipes campeã e vice-campeã serão automaticamente classificadas para participarem da LDB Liga de Desenvolvimento Basquete, que dará acesso à NBB, que conta com a participação dos melhores times de basquete do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.