Ex-aluno da Unifor, Edilberto Pontes toma posse na presidência do TCE do Ceará

Imagem Posted on Updated on

O presidente reeleito do Tribunal de Contas do Estado (TCE-CE), Edilberto Pontes (foto), toma posse nesta terça-feira, 9, para o biênio 2018/19. Graduado em Direito pela Universidade de Fortaleza (Unifor), Edilberto Pontes será empossado na sede do órgão, a partir das 16h, no Plenário do Edifício 5 de Outubro (Rua Sena Madureira, 1047 – Centro).

Na eleição, que aconteceu dia 12 de dezembro, em votação secreta, também foram reeleitos os conselheiros Rholden Queiroz e Valdomiro Távora para os cargos de vice-presidente e corregedor, respectivamente. Na ouvidoria assume o conselheiro substituto Davi Barreto, no lugar de Itacir Todero, também conselheiro substituto, que permaneceu no cargo por dois mandatos consecutivos.

Perfil do presidente

Também graduado em Economia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), o conselheiro Edilberto Pontes é Pós-doutor em Democracia e Direitos Humanos pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, Doutor em Economia pela Universidade de Brasília (UnB) e Mestre na mesma área pela UFC (CAEN), Edilberto Pontes também é especialista em Políticas Públicas pela George Washington University (EUA).

Na Câmara dos Deputados, foi consultor legislativo da área de Economia, de 2003 a 2007, e consultor de Orçamento e Fiscalização Financeira, de 1999 a 2003. Técnico de Planejamento e Pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), entre 1996 e 1999, onde também exerceu a função de coordenador adjunto da Coordenação de Finanças Públicas, biênio 1998-1999.

Edilberto Pontes foi ainda professor de instituições como a Universidade de Brasília (UnB), a Fundação Getúlio Vargas (DF), o Instituto Serzedello Corrêa (TCU), o Centro de Formação da Câmara dos Deputados (Cefor) e Senado Federal (Unilegis). Entre suas obras, estão Regras Fiscais: Teoria e Evidência (2005), Curso de Finanças Públicas – Uma abordagem Contemporânea (2015).

Empossado em 25 de outubro de 2007 no cargo de auditor do TCE Ceará (mediante concurso público), foi escolhido pelo governador Cid Gomes para a vaga de conselheiro destinada ao quadro de auditores da Corte de Contas, assumindo o cargo em 18 de março de 2010. Ocupou o cargo de Vice-presidente de Tecnologia e Informática do Instituto Rui Barbosa (IRB) até dezembro de 2013. Foi corregedor do TCE Ceará no biênio 2012/2013 e vice-presidente da Corte de Contas no biênio 2014/2015.

Além de presidente reeleito do TCE Ceará, Edilberto é vice-presidente de Ensino, Pesquisa e Extensão do Instituto Rui Barbosa (IRB) para o biênio 2018/19. O IRB tem o objetivo de aprimorar as atividades exercidas nos Tribunais de Contas do país.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.