Fórum destaca oportunidades para fornecedores

Posted on Updated on

A Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) promoveu workshop do Fórum de Desenvolvimento de Fornecedores, para apresentar desafios e oportunidades no fomento ao desenvolvimento da economia do Ceará por meio da atração de fornecedores locais.

No evento, especialistas explanaram oportunidades para o crescimento da região.

Segundo o presidente da associação, Ricardo Parente, que apresentou a palestra “Pecém – A Nova Ordem Industrial e Logística do Ceará”, o potencial do Porto do Pecém, os desafios e as oportunidades de negócios geradas no entorno dele precisam estar mais claras para as empresas locais: “Temos empresas no CIPP que contratam 90% dos seus fornecedores de fora do Ceará. Com as atividades do Fórum de Desenvolvimento de Fornecedores, as empresas locais ficarão aptas a atender a essa demanda, gerando empregos e renda no Ceará”.

Já o Gerente Geral de Suprimentos da Companhia Siderúrgica do Pecém e Coordenador Geral do Fórum de Desenvolvimento de Fornecedores da AECIPP, Marcus Lemos, destacou a importância da iniciativa. “As empresas do CIPP compram, anualmente, R$ 4 bilhões. O Fórum foi criado com a intenção de fazer com que esse montante circule dentro do Estado. O nosso propósito é aprimorar os fornecedores do Ceará para atender essa demanda. Queremos também prospectar e atrair novos fornecedores para se instalar no CIPP e desenvolver parcerias de longo prazo e claro, aumentar a oferta de materiais e serviços na região, e isso vale para todo tipo de suprimento: materiais elétricos, mecânicos, maquinários, empresas de serviço, tecnologia… enfim, uma gama de oportunidades”, conclui.

O evento também contou com a apresentação das diretrizes do Fórum de Desenvolvimento de Fornecedores da região, com o também coordenador Wander Prado e o estudo realizado pelo professor Marcos Ronaldo Albertin, do Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Ceará, que abordou o Desenvolvimento e Capacitação de Fornecedores no Ceará. Houve, ainda, rodada de negócios com as empresas associadas, criando uma oportunidade direta de relacionamento com o mercado comprador como forma de ampliar as possibilidades de negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.