São José: o padroeiro do Ceará traz investimentos

Posted on

Camilo Santana, governador do Ceará

O feriado do Dia de São José, santo padroeiro do Ceará, é momento para a população renovar esperanças de mais chuvas e melhorias de vida no semiárido. Para marcar a data, o Governo do Estado fez hoje (19.3), no Parque de Exposições César Cals, em Fortaleza, o lançamento de investimentos de R$ 660.334.308,03 em ações nas áreas de abastecimento d´água, projetos produtivos, além da entrega de tratores a comunidades rurais.

O ato foi presidido pelo governador Camilo Santana, acompanhado do secretário do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, de deputados federais, estaduais, lideranças do movimento agrário, agricultores, vereadores e prefeitos do Interior.

O anúncio dos investimentos marcou o início da segunda fase do Projeto São José, que contará com recursos da ordem de US$ 150 milhões (em torno de R$ 490 milhões). Foram entregues 173 planos de negócios com mecanização agrícola do Projeto São José III (tratores e implementos), no valor de R$ 21.729.156,57.

Outras aplicações foram a liberação de R$ 34.885.840,70 para construção de cisternas de placas e escolares, disponibilização de R$ 30.581.196,86 milhões para implantação de 152 projetos produtivos do Projeto Paulo Freire e autorização para liberação de outros R$ 83.138.114,00, beneficiando 478 comunidades rurais. O Governo também entregou, durante o evento, títulos de terra para os agricultores familiares.

Camilo ressaltou que a tradição do dia 19 de março, dia do padroeiro do Ceará, São José, sempre traz aos cearenses a forte crença de bons invernos e safras capazes de garantir o sustento. “Cumprindo o papel de auxiliar e cuidar do trabalho relevante feito na área rural”, complementou o governador. O Governo do Ceará, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), tem sempre ampliado as políticas voltadas ao agricultor.

“Esse é um conjunto de ações para fortalecer a agricultura familiar, fortalecer os homens e mulheres que vivem no campo, e garantir que essas pessoas possam viver dignamente, com qualidade de vida e podendo dar um bom sustento para seus filhos. Essas pessoas são responsáveis pela produção de alimentos que vão a mesa dos nossos irmãos cearenses todos os dias. Portanto, o Governo tem todo um olhar especial para eles”, disse.

Deixe uma resposta