Universidade Estadual do Ceará terá novo campus

Posted on Updated on

Em reunião entre o reitor da Uece, Jackson Sampaio, e o chefe de gabinete do Governador Camilo Santana, Elcio Batista, ficou definida a implantação de um campus avançado da Universidade Estadual do Ceará (Uece), no município de Mombaça.Também foi acertados o investimento e o custeio para implantação do novo campus.

Na reunião, o reitor enfatizou que o novo campus ficará articulado administrativamente ao campus da Uece em Iguatu, a Faculdade de Educação Ciências e Letras de Iguatu (Fecli), e que oferecerá duas Licenciaturas, na modalidade presencial: uma, em Artes Visuais, e outra, em Computação, ambas para funcionamento no turno da noite.

A autorização para criação dos dois cursos foi dada por unanimidade pelo Conselho Universitário, em 2 de outubro de 2017, em decorrência de aprovação, também por unanimidade, do Projeto Pedagógico dos mesmos, pelo Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (Cepe), ocorrida em  02 de outubro de 2017.

Inicialmente, a Uece montou o mapa do ensino superior na região do município de Mombaça. Dentro de um perímetro de 120 km, encontram-se Iguatu, Tauá, Quixadá e Limoeiro do Norte, nos quais a Uece oferece cursos presenciais. Também se encontram Iguatu, Tauá, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Lavras da Mangabeira e Quixeramobin, onde a Uece oferece cursos por Educação a Distância (EaD), em pólos da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Após esta aprovação, o governo tocará as obras de adaptação do prédio da EEEP Plácido Aderaldo Castelo, que manterá seu pleno funcionamento no turno diurno. Paralelamente, a Uece procederá à seleção dos professores e funcionários técnico-administrativos. A seleção dos alunos se dará por meio do Vestibular, por intermédio da Comissão Executiva do Vestibular (CEV). Alunos e professores deverão estar em sala de aula no dia 23 de julho de 2018, iniciando semestre letivo junto com os demais 62 cursos presencias da Uece.

Deixe uma resposta