Governo do Ceará reforça ensino em tempo integral

Posted on Updated on

O Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), estabeleceu em 2016 projeto-piloto para a implantação do tempo integral em 26 escolas estaduais de ensino regular. Em 2017, outras 45 escolas passaram a integrar o Programa de Ensino Médio em Tempo Integral. Já em março último, foram anunciadas mais 40 novas unidades de ensino com a jornada prolongada.

A proposta é a de aumentar o tempo de permanência na escola, garantindo avanço na aprendizagem e melhor preparação dos jovens para o futuro. O ensino em tempo integral, implantado em mais de 30% das escolas de Ensino Médio da rede pública estadual de ensino, já contempla 228 escolas no Ceará, das 720 escolas estaduais. Deste total, 111 são de ensino regular, as quais se somam as 117 Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEPs), que ofertam cursos técnicos integrados ao Ensino Médio.

Em 2018, já serão 44 municípios com Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, beneficiando mais de 26 mil alunos. A maioria das EEMTIs está localizada entre os municípios mais populosos. As escolas foram distribuídas em áreas consideradas mais vulneráveis.

O Ensino Médio em tempo integral chega a 76 mil alunos, dos quais 26 mil matriculados em escolas regulares e 50 mil nas EEEPs. Em 2018, o investimento no Programa de Ensino Médio Integral atingirá R$ 149,5 milhões. A verba recurso será usada na ampliação, adaptação e aquisição de novos equipamentos, contas públicas, além da alimentação escolar, custos com salários de professores e contratação de terceirizados nas 111 escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. As novas EEMTIs passarão por adequação para conversão ao modelo de ensino, como as reformas de vestiários e refeitórios.

Pelo segundo ano consecutivo, o Ceará esteve à frente em números de implantação do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, do Governo Federal. O Estado recebeu um investimento de cerca de R$ 40 milhões, por meio do Ministério da Educação, para criar as 40 novas escolas regulares em tempo integral em 2018.

Mais informações neste link.

Deixe uma resposta