Fortaleza quer atrair turistas dos EUA

Posted on

Fortaleza, capital do Ceará, será tema de ação promocional da Embaixada do Brasil nos Estados Unidos, destacada como destino turístico para os norte-americanos. A agenda está definida para o segundo semestre deste ano. Esse foi o resultado imediato de audiência do prefeito Roberto Cláudio com o embaixador brasileiro nos EUA, Sérgio Amaral, quando trataram de projetos que ampliam as relações comerciais entre os dois países, tendo por base a cidade de Fortaleza que passará a ter voos diários ligando Brasil e Estados Unidos, antes do final deste ano.

“Ficamos muito felizes com os resultados do nosso encontro, porque já vislumbramos ganhos efetivos para a cidade de Fortaleza naquela que é uma vocação natural da cidade por meio da indústria do turismo. Vamos reunir agências de viagem e promotores da atividade turística para promover nossa Capital como destino turístico para os norte-americanos”, afirmou o prefeito Roberto Cláudio. Outra ação também tratada durante o encontro é a semana de promoção econômica que a Embaixada brasileira faz todo ano, no mês de setembro, para promover a economia, fortalecendo os laços comerciais entre os dois países, a partir de uma região, estado ou cidade específica do Brasil.

“Já demonstramos o interesse de que a agenda dessa atividade, que envolve ações de promoção econômica por meio da Embaixada do Brasil nos EUA, em 2019, possa contemplar Fortaleza e o Estado do Ceará. No que encontramos concordância e apoio por parte do embaixador Sérgio Amaral e estamos confiantes que possamos concretizar essa parceria”, disse o prefeito Roberto Cláudio.

As novas oportunidades de negócios para Fortaleza, especialmente, na área do turismo, também foram consideradas, principalmente, por conta da inauguração, no próximo dia 03 de maio, do hub aéreo do Grupo Air France – KLM/Gol, em Fortaleza, ligando o Brasil à Europa.

Na ocasião, Sérgio Amaral destacou a posição estratégica da cidade em relação aos Estados Unidos e à Europa e a potencialidade da cidade para o mercado internacional.

Outro compromisso da agenda na viagem aos Estados Unidos levou o prefeito de Fortaleza a um encontro com dirigentes do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Reunido com o diretor executivo para o Brasil do BID, José Guilherme Reis, na sede do Banco, em Washington D.C, o prefeito tratou sobre a execução, neste ano, do Programa de Fortalecimento de Inclusão Social e Redes de Atenção (Proredes), que teve financiamento do BID, no valor de US$ 65,475 milhões, aprovado no final de 2017.

Na reunião, foi discutido o projeto de qualificação de gestão na área da Saúde para a execução do Proredes, que tem como objetivo promover a redução da desigualdade social, implementando mecanismos e ações que contribuam para o pleno desenvolvimento da juventude de Fortaleza, especialmente favorecendo jovens em áreas de risco e vulnerabilidade social, por meio de investimentos que garantam a integridade dos cuidados à saúde, melhoria do acesso a serviços especializados de média e alta complexidade e hospitalização de jovens e suas famílias.

No encontro, o prefeito também apresentou o andamento dos projetos financiados pelo BID nas áreas de Transporte Público Urbano e Habitação, em Fortaleza.

Após a reunião com o diretor José Guilherme Reis, o prefeito Roberto Claudio encontrou-se com o presidente do BID, Luis Alberto Moreno, que elogiou os projetos executados em Fortaleza. O prefeito também participou de reunião com o responsável pelo Setor Social do BID, Marcelo Cabrol, com quem tratou sobre o Programa Cresça com o Seu Filho, que tem como foco a assistência à primeira infância, em trabalho coordenado pelo gabinete da primeira dama, Carol Bezerra.

Outro compromisso do prefeito de Fortaleza nos EUA foi a reunião com diretores da Bloomberg Harvard City Leadership Initiative, quando Roberto Claudio tratou da parceria conjunta da Harvard Kennedy School e da Harvard Business School com a Bloomberg Philanthropies, responsável por programas de educação executiva para prefeitos e equipes de liderança em 240 cidades do mundo.

Em 2017, Roberto Claudio foi o único prefeito do Brasil convidado para participar do programa. A reunião, realizada no Ash Center for Democratic Governance and Innovation, em Cambrigde (Boston), cidade onde está localizada a Universidade de Harvard, permitiu que o prefeito Roberto Claudio compartilhasse as experiências de gestor municipal, com as ações de governo, após a participação no Programa, que ainda está em andamento

Deixe uma resposta