Fortaleza tenta reconhecimento como “cidade criativa”

Posted on Updated on

O Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor) lançou a candidatura de Fortaleza para Cidade Criativa da Unesco no setor Design de Moda.

O Iplanfor elabora e coordena o Plano Fortaleza 2040, que visa a ações estratégicas para superar os problemas que se apresentam na Cidade a partir de soluções inovadoras. Entre as visões de futuro do Plano, está a constituição de políticas para que Fortaleza seja uma Cidade Criativa, promovendo ações inovadoras, inteligentes e empreendedoras, buscando conectar-se com as cidades criativas do mundo.

O objetivo é que Fortaleza seja reconhecida pela qualidade de bens e serviços criativos, pela competência e competitividade de seus profissionais e pelos princípios da sustentabilidade, inovação, diversidade cultural e inclusão social que fundamentam o modelo da Economia Criativa. Nas diretrizes do Plano de Economia Criativa do Fortaleza 2040, está a criação e/ou adaptação de espaços em Distritos Culturais, Inteligentes e Criativos (CIC).

Desse modo, o Iplanfor apresenta a proposta do Distrito Criativo Iracema, que tem como objetivo a integração de políticas e ações entre governos, empresas e sociedade para atrair os setores/empreendimentos da Economia Criativa, ampliando oportunidades de negócios, construindo uma agenda de requalificação urbana, econômica, social, ambiental e cultural, em um território da cidade constituído de um recorte dos bairros Centro e Praia de Iracema.