Exportação de confecções do Ceará registra melhoria

Posted on Updated on

As exportações cearenses do setor de confecções caíram 4% em março, uma redução muito menos significativa do que a de em fevereiro (23,1%). No primeiro trimestre de 2018, em comparação com 2017, foi atingida a marca de US$ 741,8 mil. O estado é sétimo maior exportador de confecções do Brasil.

Já as importações apresentaram crescimento em relação ao ano anterior de 77,5%. O destaque no primeiro trimestre do ano é que o Ceará foi o maior exportador do Brasil de “Sutiãs e bustiês”, vendendo US$ 204,1 mil. Vale o destaque ainda para o Paraguai, principal destino das vendas externas do Estado nesse segmento. 

As informações são do Ceará em Comex, estudo do Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec). O CIN auxilia as empresas na inserção no mercado internacional, promovendo a cultura exportadora no Estado do Ceará.

Deixe uma resposta