Fórum de ideias em Fortaleza visa à requalificação do Centro

Posted on Updated on

A Prefeitura de Fortaleza promoveu no Auditório da CDL, o Fórum do Centro – Plano de Ação Imediata, iniciativa para requalificar a área central da cidade. O prefeito Roberto Cláudio e o presidente da CDL Fortaleza, Assis Cavalcante, coordenaram os trabalhos com a participação de representantes de entidades de classe e gestores da rede pública e privada.

Na primeira reunião, houve debate e elaboração do planejamento estratégico colaborativo para o Centro de Fortaleza. A ideia é replicar a estratégia que garantiu à Praia de Iracema um conjunto de intervenções que hoje asseguram a revitalização do bairro. O encontro ocorreu durante todo o dia no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL-Fortaleza).

O conjunto das ações pensadas a partir do fórum será consolidado e divulgado no próximo mês de agosto, para ser executado em um prazo de 12 meses, com foco em intervenções públicas rápidas dentro de seis eixos: Habitação, Política de Apoio a pessoas em situação de rua, Turismo e Cultura, Infraestrutura e Mobilidade, Ordenamento do comércio informal e Segurança e Fiscalização.

“A ideia é construir um plano de confiança e engajamento da cidade com o Centro. Estabelecemos compromissos específicos, que podem ser iniciados e terminados no prazo de 12 meses, e que envolvam algumas intervenções de infraestrutura. Esse projeto será com ações coletivas. Na próxima quinta-feira (26/07), iremos nos reunir para definir o cronograma e na primeira semana de agosto vamos para o Centro lançar o Plano, para que a cidade possa acompanhar e, principalmente, lute pela nossa cidade”, explicou o prefeito Roberto Claudio (PDT).

O secretário da Regional Centro, Adail Fontenele, destacou que para a realização do Plano de Ação Imediata foram convidados representantes que pudessem contribuir de forma efetiva. “Aqui temos pessoas escolhidas a dedo, com conhecimento para construir soluções concretas. Não esperamos respostas mirabolantes, mas aquelas simples, que tenham poder de modificar a realidade local de forma ágil”, declarou.

O presidente da CDL, Assis Cavalcante, afirmou que mais de 350 mil pessoas transitam no Centro diariamente, atentando que o local conta com a uma das maiores arrecadações de impostos do Estado. “A união desses esforços é muito importante para Fortaleza e para o Centro, que já vem sofrendo há algum tempo. Nós debatemos aqui as soluções para a área. Certamente daqui sairá um grande projeto”, disse.

Neste primeiro momento, Roberto Cláudio pontuou atividades já consideradas estratégicas para a região, como, por exemplo, o estímulo da habitação no local, reordenamento do comércio informal, melhorias infraestruturais, políticas para pessoas vivendo em situação de rua, criação de Ecopontos, entre outras.

O Fórum do Centro vai replicar a experiência vivenciada na Praia de Iracema, que faz parte do Planejamento Estratégico Colaborativo do bairro, através do Plano de Requalificação desenvolvido pelo Conselho da Praia de Iracema.

Deixe uma resposta