Prefeitura de Fortaleza investirá R$ 4,3 milhões na recuperação de lagoa

Posted on Updated on

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT, na foto, ao centro), assinou a ordem de serviço para o início da requalificação e urbanização da Lagoa da Parangaba. As intervenções devem durar 12 meses e começarão pelo lado norte da Lagoa com a construção de um píer, que permitirá uma melhor visualização da Lagoa, além de amplas áreas verdes e pequenas praças que envolvem todo o seu entorno.

Orçadas em aproximadamente R$ 4,3 milhões, as intervenções incluem a urbanização de uma área de 60.757,30 m² que corresponde toda área existente às margens da Lagoa, situada entre a Av. Américo Barreira, Rua Gomes Brasil, Rua Caio Prado, Rua Pedro Muniz e Av. Carneiro Mendonça.

“Vamos fazer uma grande intervenção, com uma feira modificada, padronizada e organizada para os trabalhadores e consumidores. Além disso, requalificaremos toda área para que ela seja referência para a comunidade com relação a esportes, gastronomia, diversão e cultura”, explicou o prefeito Roberto Cláudio.

O projeto prevê a construção de novas calçadas, ciclofaixa, brinquedopraças, pista de cooper e skate, paisagismo com o plantio de árvores e criação de jardins, além de serviços de pavimentação, instalação de nova iluminação e substituição de pisos. Além disso, será instalado um campo de futebol, quadras de vôlei de praia, assim como pracinhas e quiosques de alimentação (quatro), convivência (cinco) e banheiros (quatro). Está prevista, ainda, uma ciclofaixa contornando a Lagoa, além de duas quadras de vôlei de praia e uma mini Areninha com grama sintética.

“Há 15 dias, fizemos toda a apresentação do projeto para os trabalhadores e moradores da obra explicando com detalhes o passo a passo da intervenção. Mas é preciso reforçar que não haverá nenhum prejuízo para quem trabalha na Feira da Parangaba. Nem durante a obra e nem depois que ela estiver pronta”, lembrou a secretária da Infraestrutura, Manuela Nogueira.

Durante a coletiva de imprensa, Roberto Cláudio também destacou a parceria da Prefeitura de Fortaleza com a Cagece, durante a execução da obra, para realizar um estudo da qualidade da água e identificar e coibir todos os pontos de poluição da Lagoa da Parangaba.

Ainda este semestre, a Prefeitura entrega dois projetos de urbanização. Em agosto, terminam as intervenções na Lagoa do São Cristóvão e, no final de setembro, as obras da Lagoa da Taperoaba. Até o fim do ano, se inciam as obras da Lagoa da Maraponga e de parte da Lagoa de Messejana.

Deixe uma resposta