Bancos solidários realizam evento em Fortaleza (CE)

Posted on Updated on

Começa hoje o I Encontro Global de Bancos Solidários, seguindo até quinta-feira. O evento, que tem entrada gratuita e será realizado na Fábrica de Negócios, em Fortaleza (CE), é um chamado ao debate e à busca por novos caminhos para as populações mais esquecidas, compreendendo a importância do papel dos bancos solidários como protagonistas das políticas de redução dos desequilíbrios econômicos e sociais.

O encontro é uma iniciativa do Banco Palmas e a Rede Brasileira de Bancos Comunitários com o apoio estratégico da Fundação Demócrito Rocha. Conta também com o apoio institucional de: Ashoka, Avina, Cepal, MIT-Colab, Promujer e Prefeitura de Fortaleza.

Estarão em Fortaleza representações de 113 bancos comunitários do Brasil e de vários instituições de outros países, além de especialistas brasileiros e do exterior com know how na elaboração de bancos comunitários, fundos, investimentos de pequeno, médio e grande porte, com o objetivo de oxigenar as experiências que serão apresentadas.

A inscrição é gratuita e pode ser realizada no evento: Fábrica de Negócio (Av. Monsenhor Tabosa, 740 – Praia de Iracema).

Entre os palestrantes confirmados estão: Joaquim Melo, Maria Cavalcante, Ladislau Dawbor, Morgan Simon, Genauto Carvalho, Lilian Prado, João Souza, Katrin Kaeufer, Claudia Leitão, Juan Constain, Marisa Villa, Eddi Xavier Bermudez, Helena Singer, Gonzalo Mercado, Sandra Lobo e Leonora Mol.

Organizações, coletivos, entidades e fundações também confirmaram presença no evento. Entre elas: Laboratório de Informática e Sociedade UFRG (LabIS-UFRJ), Rede Conhecimento Social, Incubadora Tecnológica de Economia Solidária (ITES-UFBA), FundeFir, Observatório de Fortaleza, FA.VELA, Prefeitura de Bogotá, La Colmena, Bronx Cooperative Development Initiative, PUC-SP, Candid Group, Organização Internacional do Trabalho (OIT), IBGE, IPEA, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), CERAI, FIARE, NEXUS Emilia Romagna, REFAS e os 113 Bancos Comunitários do Brasil.

Deixe uma resposta