Instrumentos raros em Fortaleza (CE)

Posted on Updated on

A quinta edição do Festival Fortaleza Instrumental acontece de hoje a  sexta-feira (10 a 14 de setembro), nos espaços da Associação Cultural Solidariedade e Arte (Solar)  e  Teatro do Sesc Emiliano Queiroz.  A programação é gratuita.

Esta quinta edição é dedicada a instrumentistas que desenvolvem processos criativos com  instrumentos  não muito comuns no Brasil,  como, sítar e tabla (instrumentos indianos), ukulelê,  Alaúde e instrumentos confeccionados de barro e vidro, além de outros com a rabeca e o berimbau.

O Festival também tem como diferencial seu aspecto de formação como oficinas e seminários. Os seminários acontecem no dia 10, a partir das 17h, na sede da Associação Solar (Avenida da Universidade, 2333 – Benfica) e abordam temas como as leis de incentivo a cultura, os editais culturais e as práticas de projetos de cultura. Dias 11 e 12, sempre a partir das 18h, também acontecem as oficinas na Solar. Dia 11 terá a prática de construção de berimbaus com o mestre Magnata (Paraíba), e dia, 12, Iniciação em Ukelele com Alex Vasconcelos, de Fortaleza). Já no dia 13, no Teatro Sesc Emiliano Queiroz ocorrem as oficinas de Raga; A Melodia Indiana com Fábio Kidesh (São Paulo), às 14h e a de Tala: O conceito rítmico da música indiana com o tablista Pedro Léo. Para se inscrever nas oficinas e seminários basta ligar para 085 – 32261189 (Solar) e se apresentar no próprio local e horário das atividades.

Os shows do 5º Festival Fortaleza instrumental acontecem nos dia 13 e 14 no Teatro Sesc Emiliano Queiroz e começam sempre às 19h, com entrada franca.  Dia 13 se apresentam Seu Raimundo Rabequeiro (Paracuru-CE), o alaudista Lucas Barreto (Fortaleza-CE) e o Grupo Uirapuru – Orquestra de Barro (Cascavel-CE). No dia 14, também começando às 19h, é a vez da Orquestra Vidros Mágicos (Fortaleza-CE) e de Fábio Kidesh   tocando sitar indiana e Pedro Léo na tabla. Fábio Kidesh é baiano radicado em São Paulo, estudioso da música indiana e discípulo de Indrajit Banerjee, sua sonoridade na sitar reprodução as músicas clássicas indianas principalmente da região do norte da Índia. Esse músico pode ser considerado um dos maiores sitaristas e será a primeira vez que vem a Fortaleza.

O  Festival  Fortaleza Instrumental em sua concepção  prioriza em suas edições timbres  específicos e naipes de instrumentos e nesse sentido já se dedicou as cordas (1ª edição), Teclados (2ª edição), Sopros (3ª edição) e Percussão (4ª edição) contando com grandes expoentes da música instrumental do Brasil e do estado do Ceará, tais como: Toninho Horta, Wagner Tiso, Marcus Lobo, Marcus Suzano, Nonato Luiz, Tony Maranhão, Márcio Rezende, Hoto Júnior, entre muitos outros.

O Festival Fortaleza Instrumental tem produção executiva de Arnóbio Santiago e foi idealizado pelo músico Pingo de Fortaleza.  “Esse festival é sempre um momento de encontro da difusão com a formação, pois todos os artistas que participam de sua programação oferecem oficinas ao público, que pode se aprofundar em temas musicais de seu interesse e esse ano se compõem de uma programação muito original e muito diversificada”, declara Pingo de Fortaleza.

O projeto tem realização da Associação Solar com apoio do Sesc-Fecomércio, do Governo do Estado do Ceará através da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), por meio da Lei de Incentivo a Cultura (Lei do Mecenato).

One thought on “Instrumentos raros em Fortaleza (CE)

    LANCOME 蘭蔻 【絕對完美βx金粹系列】絕對完美βx金粹乳霜的商品介紹 LANCOME 蘭蔻,絕對完美βx金粹系列,絕對完美βx金粹乳霜

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.