Frente em defesa da Chesf completa um ano

Posted on Updated on

O coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), deputado Lucas Ramos (PSB), registrou no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco a passagem do primeiro ano de funcionamento do grupo. O socialista comemorou os resultados obtidos pelas mobilizações contra a privatização da Eletrobras e subsidiárias – como o arquivamento da proposta que abriria caminho para planos do Governo Federal de abrir mão do controle das empresas do sistema elétrico.

“Pernambuco mais uma vez se mostrou na vanguarda das lutas e das causas nacionais”, disse Ramos, acrescentando que a Frente Parlamentar da Alepe foi a primeira do Brasil a tratar do tema. “A partir daqui, o movimento ganhou musculatura em todo o País”, acrescentou, relatando que o grupo realizou 12 audiências públicas, cinco reuniões com dirigentes de instituições e duas visitas técnicas – à Transposição do Rio São Francisco e ao Complexo Hidrelétrico de Paulo Afonso. “Estivemos em oito estados nordestinos, em reuniões de trabalho no Palácio do Campo das Princesas e em ações de articulação. Alcançamos mobilização regional”, celebrou.

O parlamentar afirmou que a proposta de desestatização tinha como objetivo cobrir déficits nas contas públicas provocados pela “má gestão do Governo que aí está”. Ele avaliou que os projetos de privatização ameaçam políticas de uso da água do Rio São Francisco voltadas ao abastecimento, à agricultura familiar, à irrigação, à pesca artesanal, ao turismo e à geração de energia. “Continuaremos na defesa de uma Chesf cada vez mais forte”, pontuou.

Deixe uma resposta