Túnel na Via Expressa de Fortaleza (CE) será liberado em outubro

Posted on Updated on

A Prefeitura de Fortaleza vai liberar em outubro o tráfego no túnel longitudinal sob a Av. Almirante Henrique Sabóia (Via Expressa), no trecho entre as avenidas Padre Antônio Tomás e Santos Dumont. O anúncio foi feito pelo prefeito Roberto Cláudio (PDT). O equipamento está com 87% das obras concluídas.

Já foram realizados os serviços de drenagem, construção de paredes e pilares, além da escavação e construção das lajes superior e inferior, possibilitando a passagem do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) sobre a laje superior e a conclusão da linha que atualmente interliga os bairros Mucuripe e Parangaba.

“Esta intervenção envolve a construção de dois túneis importantes para a mobilidade urbana da Cidade. É um túnel extenso que garantirá mais velocidade aos ônibus e prioriza, sem intervenções no trânsito, a passagem do VLT”, destacou o prefeito.

O túnel tem duas pistas em cada sentido, calçadas de ambos os lados, ciclovia e canteiro central. Quando concluído, o túnel longitudinal terá 370m de comprimento, sendo 74m coberto. As intervenções começaram em julho de 2017.

O segundo túnel sob a Via Expressa está sendo construído na Av. Alberto Sá, no Papicu. O equipamento possibilitará a conexão direta da via com as ruas Tavares Coutinho e Ana Bilhar, além de permitir a eliminação de quatro semáforos existentes na avenida, fazendo com que o transporte coletivo tenha acesso expresso no cruzamento com a Via Expressa.

O novo equipamento terá cerca de 460m de comprimento e área coberta de 80m. A laje superior do túnel ganhará ainda uma pequena praça, com projeto semelhante ao já implantado no túnel Dep. Wellington Landim, localizado na Av. Engenheiro Santana Júnior. As obras deste equipamento foram iniciadas em dezembro de 2017 e serão concluídas em julho de 2019.

No local, já foi retirado o canteiro central e desapropriada de parte dos imóveis, possibilitando o alargamento da via para as obras de infraestrutura. Atualmente as equipes trabalham na escavação do túnel

A obra está sendo financiada pela Caixa Econômica Federal com recursos do FGTS que totalizam um investimento de R$ 67 milhões

Deixe uma resposta