Agrobiodiversidade é tema de feira em Fortaleza

Posted on Updated on

Fortaleza recebe hoje e amanã (7 e 8 de novembro de 2018), no Centro de Eventos do Sebrae – CE, a segunda edição da Feira Nacional de Guardiões da Agrobiodiversidade, que tem a finalidade de valorizar os trabalhos de conservação e uso racional da agrobiodiversidade promovidos por camponeses, povos e comunidades tradicionais.

O evento é gratuito e aberto ao público. A feira contará com rodas de diálogo, trocas de experiências, exposição e comercialização de sementes diversas, tubérculos, raízes, grãos, frutas nativas e ornamentais, abelhas sem ferrão, dentre outros produtos. Haverá, ainda, apresentação de Mística do Povo Indígena Tremembé.

Já estão confirmados 60 guardiões da agrobiodiversidade entre agricultores, indígenas, quilombolas e outros representantes de comunidades tradicionais oriundos de todas as regiões do território nacional. Os guardiões deverão trazer exemplares dos materiais (vegetais e animais) que cultivam e conservam para exposição, bem como os produtos gerados para comercialização e troca.

Para Francisco Sombra, pesquisador da Embrapa e organizador da Feira, o encontro é uma grande oportunidades para agricultores e interessados nessa atividade. “Teremos em Fortaleza, os maiores nomes ligados à agrobiodiversidade. Serão dois dias de atividades intensas, troca de experiências e discussões sobre o futuro dessa prática e das riquezas que ela produz. Tudo isso, de forma gratuita. É um evento muito atrativo para as pessoas do campo e da cidade”, afirma.

A programação contará também com místicas de celebração da colheita de sementes, o Torém Ritual Sagrado do Povo Tremembé. A apresentação representa um elemento de luta e de resistência do povo indígena, da espiritualidade e ancestralidade do Povo Tremembé da Barra do Mundaú. No ritual, as canções revelam o cuidado com as matas nativas, a espiritualidade, a caça, a luta e a resistência pela conquista do território. Os indígenas dançam e entoam as músicas de seus antepassados e de luta pela terra.

A II Feira Nacional dos Guardiões da Agrobiodiversidade ocorrerá em paralelo ao V Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos, evento que discutirá o potencial dos recursos genéticos para conservação da biodiversidade. Abordará temas específicos para cada área: animal, microbiana e vegetal, permitindo assim, que a comunidade científica exponha e conheça os mais recentes avanços do conhecimento. Serão apresentados, ainda, processos, produtos e serviços oriundos de pesquisas que podem resultar em ganhos significativos dos pontos de vista ambiental, econômico e social. Na programação, palestras, painéis e minicursos com profissionais de expressão nacional e internacional que atuam na área de recursos genéticos.

Deixe uma resposta