Nestlé investe em estudo e avança na implementação de tecnologias da Indústria 4.0

Posted on Updated on

SNum parque fabril de operação intensa, quais equipamentos devem ser modernizados? Quão confiáveis são as instalações elétricas? O que fazer para garantir maior segurança aos operadores? A Schneider Electric, líder global na transformação digital na gestão da energia elétrica e automação, pode ajudar as indústrias a obter essas e outras respostas, e quem investiu recentemente no serviço foi a Nestlé, a maior empresa de alimentos e bebidas do mundo – no Brasil, são 15 segmentos de mercado, e as empresas coligadas estão presentes em 99% dos lares.

Parte do portfólio da área de Field Services, o assessment MPS – sigla para Modernização, Performance e Segurança – consiste em um estudo amplo e profundo de toda a fábrica, conduzido por engenheiros altamente treinados. “Nosso objetivo é suportar o cliente com recomendações para, em linhas gerais, aumentar a eficiência da planta e a segurança dos trabalhadores”, afirma Pedro Vazquez, vice-presidente de Field Services da Schneider Electric para o Brasil. “Além disso, oferecemos uma previsão de capital necessário para as recomendações apresentadas; desse modo, é possível otimizar os planos de investimento com base no fator criticidade”, completa.

Quanto à Nestlé, foram analisadas, entre 2013 e 2016, 23 unidades, localizadas em seis estados brasileiros – São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio Grande do Sul, produtoras desde chocolates, lácteos, cereais, biscoitos e cafés, até nutrição infantil, bebidas e pet food. “O assessment nos forneceu mais detalhes a respeito do ciclo de vida e condição de componentes relacionados às nossas instalações”, declara Danilo de Faria, gerente de Engenharia, departamento de Elétrica, Automação e Digital em Manufatura da Nestlé Brasil. E adiciona: “Dentre as mudanças sugeridas, estão troca de componentes das subestações, ajustes de procedimentos e propostas de melhorias. As atualizações fazem parte de um plano corporativo para execução, conforme priorização definida pelo estudo e alinhado com as prioridades estabelecidas pela empresa.”

A Nestlé investe nos serviços da Schneider Electric com um grande objetivo em vista: suas fábricas devem atingir um novo patamar operacional até 2020. “A Nestlé está caminhando com a implementação de tecnologias da Indústria 4.0 e acelerando o plano de expansão, sempre com foco em soluções que entregam resultado operacional e financeiro para a empresa”, sustenta Faria. “A Schneider foi escolhida pela nossa matriz como fornecedor mundial para execução do trabalho pela qualidade e competência”, finaliza.

Com mais de 20 anos de existência, Field Services da Schneider Electric Brasil foi totalmente reestruturada em 2015, quando se tornou uma unidade de negócios. Hoje, atende a quatro divisões da companhia: ITD (nobreaks e aparelhos de ar-condicionado de precisão), Energy (equipamentos de média tensão), Industry (inversores de frequência) e, por fim, Building (equipamentos de baixa tensão). Os serviços englobam modernizações de equipamentos, assessment MPS, peças de reposição, instalação e comissionamento, e operação assistida. Além disso, a área oferece uma variedade de contratos de manutenção, customizados às necessidades de cada cliente.

“Somos extremamente rigorosos no que diz respeito à qualidade do atendimento que prestamos. Nós contribuímos para o movimento ‘everything as a service’; trabalhamos com afinco para que os clientes possam contar com nossa disponibilidade e, assim, desfrutar de boas experiências”, reforça Pedro Vazquez.

Deixe uma resposta