O Sol nasce para todos

Posted on Updated on

Do jornal Diário do Nordeste, de Fortaleza (CE), na Coluna Comunicado:

O Banco do Nordeste colocou na prateleira de produtos que disponibiliza o financiamento até 100% dos componentes e da instalação dos sistemas de micro e minigeração de energia elétrica fotovoltaica ou eólica. No ensolarado e ventilado Nordeste, a iniciativa cai bem. As operações do “FNE Sol” podem chegar a R$ 100 mil. E com vantagens: 1) o valor das parcelas do financiamento pode ser igual ao valor poupado na conta de energia; 2) o investimento pode não estabelecer custos adicionais ao contratante, já que empatam-se o dinheiro emprestado e o economizado; 3) há disponibilidade de recursos para pessoas físicas ou jurídicas; 3) a energia produzida é renovável e limpa.

Área
A linha de crédito FNE Sol, que utiliza recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) – ou seja, é dinheiro garantido por um dispositivo da Constituição Federal. O acesso é aberto aos nove estados da Região e mais o norte do Espírito Santo e o de Minas Gerais.

Ampliação
A operação de crédito do FNE Sol pode ser efetuada em até oito anos, com carência máxima de seis meses. Depois de instalados, os sistemas podem ser ampliados, caso haja demanda por mais energia.

Deixe uma resposta