Ocara (CE) recebe a 121ª escola de educação profissional do Estado

Posted on Updated on

Estudantes de Ocara, município localizado a pouco mais de 100 km de Fortaleza, receberam um espaço novo, estruturado e com melhores condições de aprendizado. Na oportunidade, foi inaugurada a Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Maria Môsa da Silva, a 121ª dessa modalidade de ensino. Foram investidos na construção, compra de equipamentos e mobília da unidade cerca R$ 15 milhões oriundos dos Governos do Ceará e Federal. O governador Camilo Santana e a secretária da Educação, Eliana Estrela, participam da solenidade e receberam dos alunos e professores o carinho e o agradecimento pelos investimentos que o Estado vêm realizando na área para dar mais oportunidades aos jovens e melhores condições de trabalho aos profissionais.

“Essa escola não deixa a desejar a nenhuma escola particular do país. No passado achavam que escola pública tem que ser de baixa qualidade. Nós pensamos diferente. A escola pública tem que ser a melhor para atender as pessoas que precisam. Aqui tem auditório, biblioteca, ginásio coberto, laboratório, salas climatizadas, estrutura que poucas escolas particulares têm. Nós acreditamos que para o país mudar, crescer com justiça e oportunidade, é preciso investir em educação. Daqui sairão futuros médicos, advogados, engenheiros e quem sabe futuros governadores. É sonhar e acreditar. Cada um tem a sua responsabilidade. Esse é o momento da vida de vocês, jovens, de agarrar essa oportunidade. Vocês têm aqui o de melhor em estrutura física e de professores”, destacou o governador Camilo Santana, que após a solenidade de inauguração fez questão de visitar as dependências da escola.

Titular da pasta da Educação, Eliana Estrela reafirmou o compromisso do Governo de promover condições propícias para que o estudantes conquistem suas metas. “Nos sentimos muito felizes e honrados com essa recepção bonita e calorosa de quem realmente sonha e sabe o que quer. O que importa para gente é o aluno estar bem. Estamos recebendo aqui um grande presente para que vocês possam, juntos com os professores, construir um conhecimento cada vez mais forte e eficaz buscando o sonho de vocês. Queremos todos aqui ingressando na universidade, no mercado de trabalho e com uma vida digna”, reforçou a secretária.

O prédio construído pelo Governo do Ceará possui 12 salas de aula, auditório, biblioteca, bloco pedagógico administrativo, laboratórios específicos para os cursos técnicos oferecidos, além dos de Línguas, Informática, Ciências e Matemática. A obra foi supervisionada pelo Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE), órgão vinculado à Secretaria da Infraestrutura (Seinfra).

A nova estrutura tem capacidade para receber até 540 alunos, das 7h às 17h, em tempo integral. Os estudantes têm à disposição quatro cursos técnicos: Agronegócio; Administração; Secretariado e Informática. Neste modelo, os alunos fazem o Ensino Médio e se preparam para o mercado de trabalho. No terceiro ano, o Governo do Ceará propicia o estágio curricular obrigatório e remunerado para os alunos. Cerca de 4,5 mil empresas são parceiras nos programas de promoção de estágio profissional com previsão de atendimento de 15 mil estudantes.

Deixe uma resposta