Companhia espanhola fica com concessão do aeroporto de Juazeiro do Norte (CE)

Posted on Updated on

A empresa espanhola Aena Desarrollo Internacional será a concessionária do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte, pelos próximos 30 anos. Ela foi a vencedora do leilão da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para assumir a administração, ampliação e exploração do bloco Nordeste, formado ainda pelos aeroportos de Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), João Pessoa e Campina Grande (ambos na Paraíba). Os seis equipamentos foram arrematados por R$ 1,9 bilhão.

O pregão aconteceu na manhã desta sexta-feira (15), na Bovespa, em São Paulo. Só no equipamento cearense, o investimento será na ordem de R$ 193,5 milhões para ampliação e manutenção.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), esteve em São Paulo para acompanhar o leilão. Para ele, a novidade vai trazer um crescimento para a região em termos de voos, investimentos e oportunidades, igual ao que aconteceu em Fortaleza com a concessão do Aeroporto Pinto Martins.

“Estamos muito felizes. Isso significa mais desenvolvimento para o Cariri, que já é um grande centro de negócios e de turismo religioso. Foi um dos aeroportos mais disputados no leilão. Isso quer dizer mais desenvolvimento, mais turismo, melhoria na economia da região. O sucesso que hoje ocorre em Fortaleza vamos ter em Juazeiro do Norte. Não tenho dúvida que o aeroporto vai ter um crescimento forte, se transformando em um grande centro de conexão regional do Nordeste”, comemorou Camilo Santana.

Continuar investindo na melhoria da infraestrutura será importante para alavancar esse crescimento e o governador aproveitou a ocasião para falar das próximas ações do Estado na região. “Vamos ampliar o anel viário de Juazeiro do Norte até o aeroporto para que a gente possa ter um acesso mais rápido, ágil e confortável”, disse Camilo, que também informou mais duas obras para atrair turistas, sendo elas a Arena Romeirão e o teleférico do Horto do Padre Cícero. “Esse é o papel do Estado, criar as condições necessárias para atrair investidores. Foi um momento histórico que no futuro trará bons frutos para o Cariri e o Ceará”, enfatizou o governador.

Deixe uma resposta