Hora de viajar: conheça as tendências para 2019

Posted on Updated on

Quanto mais o tempo passa, mais consciente nós nos tornamos quanto ao impacto ambiental que causamos no mundo e mais o tema sustentabilidade fica em foco.

Agora em 2019, esses temas também entraram na esfera do turismo e das viagens. Pelo menos é isso que indica uma pesquisa feita pelo Booking.com, que contou com a opinião de mais de 21.500 viajantes de 29 países diferentes.

Além das respostas desse estudo, o site também avaliou 163 milhões de avaliações feitas por turistas e chegou no que parece ser a lista de tendência para esse ano que acabou de começar.

Veja agora o que o ano de 2019 reserva para os viajantes.

Micro-viagens

Estamos falando de viagens com curtíssima duração. Basicamente uma aventura de final de semana.

2019 promete ser o ano onde os roteiros serão curtos e mais simples, cada vez mais sob medida. Ideais para pequenos períodos.

Consequentemente, isso revela que esse tipo de viagem vai se tornar algo muito pessoal e satisfatório para os viajantes. Fora que com a possibilidade de passeios curtos, surge a vontade de se hospedar em locais exclusivos e até mesmo inusitados.

O foco é ter uma experiência inesquecível em um menor período de tempo.

Rumo ao desconhecido

Ver mais do mesmo parece que não vai atrair tantos viajantes neste ano. 2019 promete ser o ano ideal para explorar o inexplorado e descobrir as novas atrações do futuro. Aquilo que ninguém viu ainda.

Quanto menos visitados, mais interessantes os destinos parecem ser. Só para se ter uma noção da situação, a busca pelo termo “less travelled island” (ilhas menos visitadas, em inglês) teve um aumento de 179% nos últimos tempos

Até mesmo viagens espaciais aparecem nos radares dos amantes de viagens, mas é claro que isso ainda não é possível (pelo menos não nesse ano).

Sustentabilidade

Como dito no começo do artigo, nunca antes o tema sustentabilidade esteve tão presente nos holofotes internacionais. E os viajantes perceberam isso.

Agora eles buscam experiências que possam compensar os danos causados pelos seres humanos ao planeta Terra. Estamos falando aqui de atividades como recolher plástico e lixo das praias ou outras localidades.

Estabelecimentos auto-sustentáveis são tendência para o próximo ano. Prova disso é que as buscas pelo termo “viagem sem lixo” (zero waste travel) aumentaram em 74%.

Busca por aprendizado

2019 indica ser o ano em que os viajantes vão escolher seus destinos baseado nos aprendizados que poderão ter. Eles buscam lugares com mais propósito.

É inegável que viajar ensina habilidades úteis para a vida toda. E é justamente esse desejo de aprender coisas novas que vai motivar as pessoas a se aventurarem cada vez mais.

Estamos falando de viagens que incluam trabalhos voluntários ou cursos de verão.

A geração Z com certeza vai se questionar se vale mais a pena ter um diploma caro ou viver esse tipo de experiência única. Até porque esse tipo de aprendizado é muito bem visto pelas empresas atualmente.

Quanto mais fácil, melhor

Numa época onde inteligência artificial, reconhecimento de voz e realidade virtual estão despontando, não é de surpreender que essas tecnologias estejam aos poucos entrando na vida dos viajantes.

Acessar seu quarto por meio do celular, conversar com um chatbot que vai atender todas as suas necessidades e ainda receber conteúdos personalizados conforme suas experiências anteriores de viagens.

E pelo menos para os brasileiros, uma das novidades mais desejadas é a possibilidade de rastrear sua mala em tempo real. Chega de sofrer com a ansiedade de esperar para descobrir se sua mala chegou ou não no seu destino.

Ajuda virtual

Assim como citado acima, a inteligência artificial vai ganhar um grande destaque esse ano, já que as pessoas gostam quando alguém faz a parte mais trabalhosa na hora de organizar uma viagem, que é justamente a pesquisa e o planejamento.

Os chatbots vão ter uma importância fundamental no setor do turismo, respondendo dúvidas e recomendando lugares baseado no perfil de cada pessoa.

Melhores países para se visitar

Agora que já falamos das tendências na indústria do turismo, vamos falar dos países que possivelmente serão o destaque de 2019.

Alemanha

A Alemanha tem sido há muito tempo uma potência de inovação e conferiu ao mundo a imprensa, o automóvel, a aspirina e outros marcos da invenção.

E há 100 anos, uma pequena escola no interior da Turíngia deu início a um movimento estético tão globalmente influente que suas reverberações ainda são sentidas hoje: a Bauhaus.

Sri Lanka

O Sri Lanka começou a ter o seu lugar ao sol equatorial e está virando destaque rapidamente.

Já notável para viajantes intrépidos por sua mistura de religiões e culturas, seus templos atemporais, sua vida selvagem rica e acessível, sua cena de surf crescente e seu povo que desafia todas as probabilidades por sua acolhida e simpatia após décadas de conflito civil, este é um país revivido e que merece ser visitado.

Quirguistão

O momento do Quirguistão no palco do turismo mundial parece ter vindo depois de um grande burburinho da competição de Jogos Nômades do Mundo de 2018, na Ásia Central, dedicada aos seus tradicionais (e peculiares) esportes regionais.

A hora para visitar o país nunca foi melhor – mais de 2700 km de rotas de trekking recentemente marcadas; um impulso nacional de produtos turísticos administrados pela comunidade; um sistema de rodovias nacionais reformado, reduzindo imensamente os tempos de trânsito; e um programa de vistos eletrônicos simplificado para aqueles que não fazem parte da lista de mais de 60 países.

Indonésia

A Indonésia é tão diversa quanto sua extensão, desde novos resorts ecológicos que oferecem encontros com orangotangos em Sumatra até as tradições tribais de Papua.

Mais de 17.000 ilhas compõem a mistura de culturas, culinárias e religiões em todo o arquipélago, oferecendo uma infinidade de experiências.

São Tomé e Príncipe

Exploradores sempre procuraram lugares para ir ousadamente aonde ninguém foi antes. Esta é uma oportunidade rara para você visitar um lugar que poucos viajantes já ouviram falar.

O país de duas ilhas de São Tomé e Príncipe – encontrado flutuando no Golfo da Guiné – agora está chamando. Não cometa o erro de ignorá-lo.

Paisagens surreais, águas tropicais, praias vazias e selvas que consomem de tudo, desde plantações coloniais de açúcar, cacau e café até relíquias sóbrias do papel passado da ilha no tráfico de escravos.

Belize

Sua costa caribenha é cercada pelo segundo maior recife de barreira do mundo; seu interior está repleto de alguns dos sistemas de cavernas mais extensos e acessíveis da América Central.

Seu povo é uma mistura exótica de maias, mestiços, garifunas, crioulos, menonitas e expatriados.

Agora você já sabe o que vai ser tendência nesse ano, tanto no que diz respeito às influências tecnológicas e perfil dos viajantes quanto os países que prometem ser destaque.

Escolha seu próximo destino, compre um daqueles perfumes importados que você sempre quis comprar e viva a melhor experiência do seu ano de 2019.

Deixe uma resposta