Governador do Ceará anuncia programa de geração de energia solar para agricultores familiares

Posted on Updated on

O Governo do Ceará está formatando um grande projeto que vai envolver o desenvolvimento agrário e a sustentabilidade ambiental. Trata-se de uma estratégia para fomentar a geração de energia solar em telhados de agricultores familiares. O governador Camilo Santana explicou, durante bate-papo com a população, às terças-feiras pelas redes sociais, que a equipe técnica do Governo já realiza o planejamento.

“Temos uma grande vocação e a ideia é fazer um grande programa de geração de energia solar para agricultura familiar no Ceará. Vamos aproveitar o telhado da residência do trabalhador rural e implantar placas solares. Já criei uma lei que isenta de ICMS pequenas gerações e com essa energia gerada pelo produtor rural ele poderá usá-la tanto em suas atividades agrícolas, como também poderá vendê-la. Estamos formatando para fazer um projeto pioneiro no Brasil na área rural de geração de energia solar. Isso vai agregar uma receita importante para o homem do campo”, explicou o governador.

Ainda sobre a agricultura familiar, Camilo Santana destacou a programação que ocorreu pela manhã em homenagem ao padroeiro do Ceará, São José. Na oportunidade, foram anunciados novos investimentos do Governo do Ceará de aproximadamente R$ 600 milhões para ações voltadas à inclusão produtiva, assistência técnica e sistemas de abastecimento de água, na quarta etapa do Projeto São José.

Questionado sobre o planejamento para as escolas de Ensino Médio na capital cearense, Camilo Santana informou que o Estado vem investindo na melhoria e na construção de novas unidades. “Em Fortaleza, algumas escolas já foram entregues e outras estão em processo de construção. No total, são 15 escolas novas de Ensino Médio só aqui em Fortaleza. São novas escolas verticais, onde demolimos o prédio antigo, aproveitamos o mesmo terreno e construímos uma escola de primeiro mundo. Também já autorizei a reforma de escolas que estejam necessitando de restauração. Algumas outras escolas nós estamos aproveitando para construir uma areninha, uma quadra coberta, um laboratório”, informou o governador, que aproveitou a ocasião para informar que um terço das escolas cearenses de Ensino Médio já são de tempo integral. O Ceará já é o segundo Estado com o maior volume de escolas nesse modelo.

Deixe uma resposta