Companhia de gestão de mobilidade corporativa lança nova plataforma

Posted on Updated on

A Navita – líder na América Latina em Gestão de Mobilidade Corporativa, com clientes em mais de 20 países, incluindo América Latina, Europa e Austrália – lançou a plataforma Navita Connect EMM – Enterprise Mobility Management.

Com mais de 350 mil empresas usuárias da sua plataforma Navita Connect, a companhia inova ao oferecer uma solução capaz de atender às empresas que querem gerenciar seus dispositivos móveis, em projetos ou operações de baixa ou média complexidade, e com a interface mais simples do mercado. Com o Software as a Service (SAAS), a expectativa é superar 70.000 dispositivos vendidos ainda em 2019.

Com mais de 3 milhões de dispositivos gerenciados em todo o mundo, o Navita Connect EMM será uma oportunidade de negócio para ampliação da rede de canais da empresa, que hoje conta com mais de 30 parceiros, gerando uma economia de mais deR$ 100 milhões para negócios. 

Em um levantamento realizado internamente, a Navita constatou que 80% das empresas consultadas ainda não utilizam nenhuma solução para gerenciar seus dispositivos móveis. Fatores como softwares de usabilidade complexa, não desenvolvidos no país, gerando licenciamento em moeda estrangeira, além do alto custo do investimento, foram mencionados por essas empresas que representam uma enorme fatia no mercado brasileiro.

Diante desse cenário, o Navita Connect EMM foi lançado com foco na gestão de ativos móveis para projetos de pequenas e médias complexidades nas empresas, atendendo principalmente negócios que possuem força de campo externa. O software simplifica a entrega de configurações e serviços focados na autogestão que possibilita: controle de recursos, garantia de usabilidade do dispositivo, a segurança da informação e a produtividade.

Um dos objetivos da Navita com a nova plataforma é democratizar o gerenciamento de dispositivos para todos os perfis de empresas, por meio de uma interface simples, fácil de usar e de custo acessível. Com o Navita Connect EMM é possível acessar de forma fácil e ágil, recursos como: forçar o uso de senha, apagar os dados corporativos, configurar de forma automática email e wi-fi, coletar informações de inventário, enviar novos aplicativos, geolocalização, modo quiosque e fazer atualizações remotamente.

Roberto Dariva, CEO da Navita, ressalta: “os dispositivos móveis são ferramentas corporativas de trabalho que merecem a mesma – em muitos casos até mais – atenção que desktops ou computadores, devido à facilidade de trazer brechas de segurança para as empresas. A informação flui facilmente do ambiente corporativo para o dispositivo móvel mas, na maioria das vezes, as empresas não possuem mecanismos para evitar que esses dados sigilosos caiam em mãos erradas. Por outro lado, as pequenas e médias empresas, com equipe de TI reduzida, sentem dificuldade em apoiar os funcionários com configurações básicas para seus dispositivos, como e-mail ou wi-fi, o que evitaria prejuízos. E outra questão se refere à localização dos dispositivos e como fazer o controle para que o seu uso seja restrito ao trabalho, o que reduz custos, melhora a produtividade e garante que a empresa venda ou fature para seus clientes.”

Mobilidade corporativa no mundo

Mais de 1,5 bilhão de pessoas trabalharão fora dos escritórios até 2020, segundo relatório Securing Workspaces for Tomorrow, da Frost & Sullivan. A mobilidade corporativa é fator que vem tornando possível a jornada desses profissionais em meio à transformação digital. E os números só reforçam isso, até 2025 a expectativa é que a força de trabalho global alcance a marca de 3,85 bilhões de pessoas, conforme dados do mesmo relatório.

Com um grande volume de smartphones, tablets e notebooks conectados, um dos desafios para as empresas passou a ser o gerenciamento desses dispositivos. Dados de 2017 do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) mostram que 92% das empresas brasileiras com 250 ou mais colaboradores usam smartphones corporativos, assim como 83% das empresas que possuem 50 a 249 colaboradores e 74% das empresas com 10 a 49 colaboradores.

O avanço das comunicações móveis somado ao crescimento de novas tecnologias de uso de dados criou uma nova realidade para as empresas. E para acompanhar esse novo cenário a gestão eficiente dos dispositivos conectados passou a ser uma questão crucial para a perpetuação de um negócio no mercado. 

Deixe uma resposta