Pesquisa revela 31 marcas que foram escolhidas pelos consumidores mais de 1 bilhão de vezes. #Coca-Cola lidera

Posted on Updated on

Globalmente, Coca-Cola é a marca mais escolhida do mundo pelo sétimo ano consecutivo e lidera este exclusivo ‘clube de bilionários’.

Principais fatos

·         17 marcas globais foram escolhidas nas prateleiras mais de um bilhão de vezes em 2018 e fazem parte de um ‘clube de bilionários’, juntamente com 14 marcas locais da China e da Índia

·         Marcas locais viram um aumento no número de vezes que são escolhidas pelos consumidores, e já representam 64,8% de todas as escolhidas, contra 35,2% das marcas globais

·         Coca-Cola continua sendo a marca mais escolhida do mundo — pelo sétimo ano consecutivo

·         Colgate é a segunda marca mais escolhida globalmente e é a única marca comprada por mais da metade de todos os domicílios ao redor do planeta — com uma penetração de 60,5%, globalmente

·         Vim registrou o crescimento mais rápido entre as 50 maiores marcas — com um aumento de 10% na escolha dos consumidores, o que a fez subir sete posições nos rankings e ingressar no clube de bilionários

Segundo a edição de 2019 do relatório Brand Footprint da Kantar, existem 17 marcas globais de produtos de consumo massivo (FMCG) que são escolhidas pelos consumidores mais de um bilhão de vezes ao ano, e 14 marcas locais de FMCG que estão neste exclusivo ‘clube de bilionários’.

Marcas globais

Os rankings do relatório Brand Footprint mensuram quais marcas estão sendo compradas por mais consumidores e com maior frequência. Globalmente, Coca-Cola é a marca mais escolhida do mundo, eleita nas prateleiras 5,9 bilhões de vezes em um ano. Colgate e Maggi mantiveram suas posições no ranking, também sendo as marcas mais escolhidas do mundo em produtos de cuidados pessoais e alimentos. Colgate continua sendo a única marca escolhida por mais da metade da população mundial — estando presente em 6 de cada 10 (60,5%) domicílios globalmente, enquanto Maggi manteve seu forte desempenho, com a escolha dos consumidores aumentando 7% e consolidando seu lugar como a 3ª marca mais escolhida no mundo.

Vim foi a marca global de mais rápido crescimento entre as 50 maiores — com um aumento de 10% na escolha dos consumidores, o que a fez subir sete colocações nos rankings e a entrar no ‘clube de bilionários’ na 16ª posição globalmente. A marca Kinder, da Ferrero, também subiu sete degraus no ranking, conquistando 18,5 milhões de domicílios em um ano.

Brooke Bond, Dettol e Doritos foram as outras marcas no grupo dos 5 maiores ganhos globais em penetração[1] e, por sua vez, tiveram uma ascensão em suas posições no ranking global de 2018.

Marcas locais e marcas globais

O estudo também mostra que marcas locais cresceram em 2018, já representam 64,8% de todas as marcas escolhidas pelos consumidores contra 35,2% das globais; um ganho de participação de 0,3% – que é uma desaceleração em comparação ao aumento de 0,5% em 2017. A maior conquista para marcas locais foi em cuidados pessoais, pois conseguiram aumentar em +0,7% o número de vezes que os consumidores as escolheram.

Apesar das marcas locais continuarem a ganhar participação, fabricantes globais como a Unilever demonstraram como ganhar localmente, adaptando seus produtos às necessidades regionais, com marcas como Wheel e Surf Excel, no setor de cuidados com o lar, e Clinic Plus no setor de cuidados pessoais.

Brand Footprint revela que para marcas globais é imperativo vencer em seu maior mercado — entre as 50 maiores marcas que cresceram em seu mercado número 1, 82% o fizeram de forma geral, enquanto aquelas que não amplificaram os ganhos em seu mercado prioritário, 91% declinaram.

Deixe uma resposta