Quatorze secretarias municipais de Caucaia (CE) registram 100% de satisfação em atendimentos

Posted on Updated on

No segundo trimestre deste ano, a Prefeitura de Caucaia registrou 100% de índice geral de satisfação em 14 secretarias municipais. Os dados constam em relatório da Ouvidoria do Município, que no período registrou 479 manifestações.

Desse total, 303 foram concluídas, 110 estão atrasadas, 36 foram respondidas e 30 estão pendentes. Todos os dados apresentados têm origem nas manifestações registradas no sistema da Ouvidoria Online no período compreendido entre 1º de abril e 30 de junho.

Alcançaram nível máximo de satisfação os seguintes órgãos: Trabalho, Emprego e Empreendimento (Setem), Controladoria Geral, Gabinete do Prefeito, Administração e Recursos Humanos (Sead), Agricultura, Pecuária e Pesca (Seagri) e Patrimônio, Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans), Cultura e Turismo (SeTur), Coordenadoria do Lixo, Finanças, Planejamentos e Orçamento, Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Social (SDS), Administração e Recursos Humanos, Procuradoria Geral, Instituto de Previdência (IPMC) e Assessoria de Comunicação e Cerimonial (Ascom).

A Secretaria Municipal de Patrimônio Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans) foi o órgão que recebeu o maior número de demandas, com 108 manifestações. Em seguida, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) aparece com 86 ocorrências. E depois: Secretaria Municipal de Saúde (67), Coordenadoria do Lixo (63), Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Ambiental (50), Secretaria Municipal de Educação (28) e Instituto do Meio Ambiente de Caucaia (20).

O perfil do público que acionou a Ouvidoria Geral nos três primeiros meses deste ano também ficou definido: 53% identificaram-se como pertencentes ao gênero feminino, 46% identificaram-se como do gênero masculino e apenas 2% foram pessoas jurídicas.

A maioria dos manifestantes (49%) tinha Ensino Médio completo; 31% tinham o Ensino Superior completo; 12%, Ensino Superior incompleto; 1%, Ensino Técnico Completo; 4%, Ensino Médio incompleto; 2%, Ensino Fundamental e 1% o Ensino Fundamental incompleto.

No tocante à faixa etária, mais da metade (33%) dos manifestantes tinha idade entre 16 e 20 anos; 21%, entre 21 e 35 anos; 16%, de 36 a 40 anos; 14%, de 26 a 30 anos; 12%, de 41 a 46 anos; 9%, de 21 a 25 anos; 8%, de 51 a 55 anos; 7%, de 47 a 50 anos; 6%, de 56 a 60 anos e 5% acima de 61 anos.

Deixe uma resposta