Sistema Fecomércio-CE é destaque na Bienal Internacional do Livro do Ceará

Posted on Updated on

O Sistema Fecomércio-CE está na programação da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará, que acontece de hoje (16, sexta-feira) a 25 de agosto de 2019, no Centro de Eventos, em Fortaleza. Por 10 dias, o Sesc e o Senac farão atividades para públicos de todas as idades, tendo como referência o tema desta edição, que é “As Cidades e Os Livros”.

Mediações, oficinas, rodas de conversa, saraus e contação de histórias estão entre as ações idealizadas pelo Sistema. Como forma de reforçar o papel da educação e, consequentemente, da leitura para quem deseja não apenas se qualificar profissionalmente, mas também ampliar o conhecimento sobre assuntos pertinentes ao nosso dia a dia, os visitantes vão ter a oportunidade de conferir o estande do Senac.

No local, vão estar à venda obras que são referência em educação profissional, com foco em administração e negócios, artes, arquitetura, gastronomia, turismo, comunicação, desenvolvimento social, design, moda, dentre outros temas, publicadas pela Editora Senac. Outro destaque desta edição é que os visitantes vão poder adquirir os livros das Edições Sesc São Paulo. 

A programação do Sesc durante a XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará também prima pela diversidade de temas e atividades. No dia 17 de agosto, às 17h, por exemplo, acontece o Café Literário sobre Imagens e Visagens do Sertão, com os escritores Zé Wellington (CE), Márcio Benjamin (RN) e Bruno Paulino (CE). Os três autores são nacionalmente reconhecidos por criar histórias de suspense e terror ambientadas no Nordeste do País. Já no dia 22 de agosto, às 19h, o Café Literário do Sesc conta com a presença dos booktubers Mel Ferras (SP) e Pedro Pacífico (SP), que vão trocar ideias e experiências sobreLiteratura em Tempos de Rede. A mediação fica por conta de Fernando Alves.

 Além disso, no dia 24 de agosto, às 17h, Beatriz Furtado realiza sessão de autógrafos do livro Pós-fotografia, pós cinema: novas configurações das imagens, organizado por ela e por Philippe Dubois. Trata-se de uma coletânea de artigos de pesquisadores e artistas do Brasil, França, Bélgica e Canadá, criada pelo interesse comum por questões estéticas sobre os devires das imagens contemporâneas no cinema e na fotografia. 

A programação do Sesc durante a XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará também prima pela diversidade de temas e atividades. No dia 17 de agosto, às 17h, por exemplo, acontece o Café Literário sobre Imagens e Visagens do Sertão, com os escritores Zé Wellington (CE), Márcio Benjamin (RN) e Bruno Paulino (CE). Os três autores são nacionalmente reconhecidos por criar histórias de suspense e terror ambientadas no Nordeste do País. Já no dia 22 de agosto, às 19h, o Café Literário do Sesc conta com a presença dos booktubers Mel Ferras (SP) e Pedro Pacífico (SP), que vão trocar ideias e experiências sobreLiteratura em Tempos de Rede. A mediação fica por conta de Fernando Alves. 

Uma participante que promete atrair os interessados em literatura, música e cultura coreana é a escritora e influencer Babi Dawet (RJ). Autora de sucessos como Sonata em punk rock e Allegro em hip-hop, além de ter colaborado com os livros Um ano inesquecível e Turma da Mônica Jovem: uma viagem inesperada, ela ganhou uma legião de admiradores graças aos seus canais sobre K-pop. Babi participa, no dia 20 de agosto, do Quiz Literário, às 16h, e do Café Literário, às 18h. As poetas Nina Rizzi (CE) e Rayane Leão (SP) também participam de uma roda de conversa sobre a presença da mulher na literatura. O encontro acontece no dia 21 de agosto, às 19h, e vai contar com a mediação de Isabel Costa.

O Sesc vai promover ainda ações com foco na literatura negra, oralidade, vozes indígenas e poesias da cidade, com a presença de nomes como Férrez (PR), escritor conhecido pode criar histórias que acontecem nas periferias das grandes cidades, Eliana Alves Cruz (RJ), Samir Machado (RS), José de Almeida (DF), Slam das Minas SP, Talles Azigon (CE), Matheus Lins (CE), Sandro Sussuarana (BA), Carlos Eduardo Pereira (RJ), Cristiano Baldi (RS), Márcia Wayna Kambeba (PA), Thiago Tizzot (PR) e Meimei Bastos (DF), dentre outros. O público infantil não vai ficar de fora da programação. No período da manhã e da tarde, vão ser realizadas atividades lúdicas e educativas, como contação de histórias, oficinas de teatro e colagem e apresentações musicais.

Deixe uma resposta