Aniversário de 80 anos de Mestre Espedito Seleiro é comemorado no Sesc Cultura de Raiz

Posted on Updated on

No mês de outubro, o Projeto Sesc Cultura de Raiz segue homenageando os mestres da cultura do Ceará. Nesta edição será celebrado o aniversário do artesão caririense mais conhecido no Brasil e exterior, Mestre Espedito Seleiro, que completa 80 anos no dia 29/10. No Museu Ciclo do Couro, centro cultural de Nova Olinda onde é mostrada sua história   acervo, ele recebe a visita dos grupos de tradição: Reisado de Couro do Mestre Antonio Luiz; o Reisado de Congo do Mestre Aldenir, os Bacamarteiros da Paz e apresentação de forró-pé-de serra de Joquinha Gonzaga, sobrinho Luiz Gonzaga.

Nascido em 29 de outubro de 1939, na cidade de Arneiroz, Espedito Velozo de Carvalho é hoje reconhecido um dos Tesouros Vivos da Cultura do Ceará. O Mestre herdou do bisavô a arte de fabricar artesanalmente selas e arreios. Espedito tirou o sustento da família de sua oficina até que o passar do tempo e o mercado exigiram mudanças. Inspirado pelo pai, que chegou a produzir sandálias para Lampião, desenvolveu um novo modelo do calçado em couro usado pelo homem do sertão. O artesão então agregou às técnicas tradicionais do seu ofício a sua inventividade e foi assim que nasceu o criador que conquistou as passarelas e as vitrines de grandes marcas da cena da moda no país.

Em 2016, foi homenageado pelo Senac Ceará com o lançamento do  livro Meu Coração Coroado: Mestre Espedito Seleiro. No ano passado recebeu do Sesc a Comenda João Luís Ramalho. Em 2019, com apoio do Sistema Fecomércio Ceará, uma exposição de mesmo nome foi levada para a Embaixada do Brasil em Londres, exibindo chapéus, bolsa, sapato e demais artefatos em couro de autoria de Mestre. 

Nos dias 20 e 25 de outubro, o Sesc Cultura de Raiz realizará a ação Terreiro em Movimento  em Juazeiro do Norte e Barbalha. Grupos da dança do coco, reisado e bacamarte são reunidos em praças e desfilam pelas ruas. (ver programação completa)

Nos dias 30 e 31, na ação Muito Prazer Sou Tradição, mestres da cultura popular são recebidos em escolas públicas e na Escola Educar Sesc  para palestrar sobre o seu folguedo e também apresentar as danças e cantos.(ver programação completa).

Deixe uma resposta