Governador do CE autoriza obras de duplicação de rodovia no litoral oeste

Posted on Updated on

obras de duplicação

Dentro de pouco mais de um ano, o trecho de 24,29 quilômetros da rodovia estadual CE-085, que liga o município de Acaraú ao de Itarema, vai estar todo duplicado, melhorando a trafegabilidade entre essas duas importantes cidades do Litoral Oeste cearense. A obra, de responsabilidade do Governo do Ceará, está orçada em R$ 57.764.440,43 e deve ser concluída no prazo de 450 dias. A intervenção faz parte do Ceará de Ponta a Ponta, o Programa de Logística e Estradas do Ceará, e teve sua ordem de serviço para o início dos trabalhos assinada em Acaraú, pelo governador Camilo Santana, que esteve acompanhado do prefeito Alexandre Ferreira Gomes.

O chefe do Executivo estadual enalteceu os diversos segmentos que o fortalecimento da infraestrutura viária vai beneficiar. “Essa é uma obra estruturante, porque esse também é o papel do Governo, criar obras para desenvolvermos uma grande vocação do Ceará, que é o turismo, gerando empregos, oportunidades. Temos uma atividade econômica forte aqui na região e no Ceará que é a pesca. O Aeroporto em Cruz, inaugurado recentemente, começamos com um voo por semana e hoje já estamos com 12 voos. Futuramente quero fazer a CE 085 toda duplicada de Fortaleza até Acaraú e Jijoca de Jericoacoara, ou seja, criar condição para que o turista também possa trafegar com segurança, qualidade, agilidade. Não tenho dúvida que vai ser uma segurança para quem vai dirigir por ela, escoar sua produção. Ela traz uma série de benefícios para a região, além de gerar emprego”, apontou Camilo.

Para o prefeito Alexandre, a duplicação da CE-085 entre Acaraú e Itarema vai representar um salto econômico na região. “Hoje, estamos dando a ordem de serviço dessa magnífica estrada, que vai trazer outros rumos para o nosso município, porque vai facilitar o turismo, o mercado de trabalho através da produção de camarão, coco e de toda a agricultura da região”, comemorou.

A região em que as duas cidades ficam localizadas é importante economicamente e possui uma boa ocupação habitacional, ocasionando um grande fluxo de carros, caminhões e motocicletas. A duplicação da estrada vai beneficiar essas pessoas na diminuição do tempo gasto com deslocamento e mais segurança viária. Pedro Rocha é mototáxista há 20 anos e transita corriqueiramente pela rodovia. Ele acredita que com a obra concluída o percurso será feito com mais agilidade e tranquilidade. “É uma vantagem muito grande. Vamos supor que a gente demore 25 minutos para chegar em Itarema, com a estrada pronta em 15 minutos a gente vai chegar lá, porque é rápido, gasta menos tempo. Além disso, vai ficar mais seguro, uma estrada mais larga, sem perigo, com sinalização completa. Quem dirigir com cuidado não vai correr perigo. O trabalho que o Governo do Ceará vem fazendo nas estradas é admirável”, enalteceu o mototáxista.

O Ceará possui quase 12 mil quilômetros de rodovias administradas pelo Estado, dos quais 8,1 mil km são pavimentadas. Desde 2015 que o Governo do Ceará vem investindo na melhoria e duplicação de parte delas. Até agosto deste ano, o Estado já investiu R$ 1,78 bilhão entre obras de duplicação, pavimentação e restauração, que contemplaram 2.185 quilômetros em todas as regiões do Estado. Outros 661 km estão com as obras em andamento, com aplicação de R$ 801 milhões. Há ainda 433,18 km previstos, com valor de R$ 417 milhões.

Além disso, está em andamento o Pacote de Recuperação de rodovias que sofreram avarias na última quadra chuvosa, com investimento de R$ 230 milhões para cerca de 1.700 km. Já foram concluídos dez trechos. Outros seis terminam as obras e estão recebendo a instalação da sinalização. Mais meia dúzia já foi pavimentado e aguarda a colocação dos informativos. Com os serviços de pavimentação em andamento são 14 pontos. Para os próximos dias já está programado o início de mais quatro trechos. Até o fim do ano, 59 trechos de rodovias cearenses terão recebido melhorias, incluindo 29 segmentos de acesso a rodovias federais. Os serviços incluem pavimentação, revestimento asfáltico e sinalização.

Deixe uma resposta