Prefeito Roberto Cláudio entrega 65º ecoponto da cidade no bairro Lagoa Redonda

Posted on Updated on

várias pessoas num palco

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), inaugurou o 65º Ecoponto de Fortaleza, no bairro Lagoa Redonda (Regional VI). O novo equipamento foi implantado na Rua Paulo Coelho e amplia o sistema de reciclagem em Fortaleza, tornando a Cidade cada vez mais consciente quanto ao descarte correto de recicláveis e resíduos sólidos. O local disponibiliza o programa Recicla Fortaleza, benefício que gera descontos na conta de energia à população do bairro e adjacências pela troca de resíduos sólidos recicláveis.

Concebido a partir de uma parceria entre a Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle de Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (AcFor) e a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), o novo Ecoponto é o 16º equipamento do tipo implantado na Regional VI.

O Ecoponto conta com caçambas para coleta e estrutura administrativa de trabalho para as equipes de limpeza urbana, fiscalização e monitoramento. O local oferece espaço adequado para o descarte de pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros e metais. O funcionamento é de segunda-feira a sábado, sempre de 8h às 12h e de 14h às 17h.

Conforme Roberto Cláudio, os Ecopontos são uma maneira de ajudar ajudar a Cidade a construir uma relação maior de consciência sobre o lixo que produz. “Estamos com licitação em andamento para mais 40 Ecopontos e vamos lançar o carrinho triciclo para catadores, de forma a ampliar as políticas de manejo inteligente, o uso do lixo para ser uma fonte de economia e não de poluição”, afirmou.

Prefeito fala sobre a licitação e do lançamento do carrinho triciclo para catadores:

mulher posa para foto sorrindo
Para a dona de casa Maria Socorro da Silva, a chegada de um equipamento perto da sua casa é positiva

A dona de casa Maria Socorro da Silva, de 50 anos, já conhecia a iniciativa do ecoponto e acredita ser positiva a chegada de mais um equipamento, agora perto de sua casa. “Não tinha isso. Antes, os entulhos eram todos nas calçadas, nos terrenos baldios, e vinha mosquito. Agora, o Ecoponto vai evitar tudo isso”, ressaltou.

Nas proximidades da Lagoa Redonda, há Ecopontos instalados também nos bairros Edson Queiroz, Cidade dos Funcionários, Jangurussu, Parque Dois Irmãos, Messejana, São Bento, Sapiranga, Dias Macedo, Sítio São João, Paupina, Tancredo Neves, Aerolândia, Cajazeiras e Vila União. Até o final da gestão do prefeito Roberto Cláudio, a expectativa é que Fortaleza conte com um Ecoponto em cada bairro, incentivando cada vez mais o comportamento sustentável.

E-Carroceiro

A ação cadastra carroceiros nas secretarias regionais para direcionarem entulho aos Ecopontos, realizando a pesagem na balança e recebendo pagamento na na forma de crédito em cartão, utilizado no comércio da região ou retirada do dinheiro.

Com isso, a Prefeitura estimula o desenvolvimento de uma economia local, além da adesão de pequenos comércios do bairro, que deixam de sujar e ainda fazem giro de dinheiro na comunidade.

Recicla Fortaleza

O programa Recicla Fortaleza oferece desconto na conta de energia pela troca de resíduos recicláveis, resultado de parceria entre a Prefeitura de Fortaleza, a Enel Distribuição Ceará (Enel).

Para se ter acesso aos benefícios, o fortalezense precisa procurar um dos Ecopontos mais próximos, levando a conta da Enel, para fazer o cadastro e receber o cartão Recicla Fortaleza. Daí, é separar os resíduos recicláveis e levá-los até o Ecoponto para pesagem, lembrando-se de armazená-los sem sobra de alimentos ou produtos para não atrair insetos e gerar mau cheiro.

No Ecoponto, o cidadão confere a tabela de valores dos resíduos recicláveis, pois o crédito será calculado de acordo o peso e os tipos de materiais, levando em consideração o mercado. A iniciativa já conta com a adesão de cerca de 21 mil famílias fortalezenses. Os próximos passos são no sentido da população a trocar lixo reciclável por dinheiro, que poderá ser utilizado em supermercados, feiras ou trocado em caixas eletrônicos, como forma de estimular a adesão.

Materiais que geram crédito na conta de energia:

Vidro: embalagens de vidro, café solúvel, maionese; e garrafas de cerveja, refrigerantes e aguardente.

Metal (Exceto Cobre): ferros em geral, parafusos, latas de cerveja e refrigerantes, aço inox, antimônio, baterias de carro e moto, chumbo e bronze.

Papel: papelão, jornais, livros, cadernos, papel branco e papel misto.

Plástico: garrafas de refrigerantes (PET), filme, PVC, mangueira, sacolas, embalagens de água sanitária, margarina e detergente.

Outros: óleo de cozinha e embalagens Tetrapak (leite, sucos e achocolatados).

Infográfico com dados

Deixe uma resposta