Retorno gradual de atividades presenciais na Assembleia do Ceará está previsto para após 20 de julho

Presidente, deputado José Sarto anuncia retorno das atividades presenciais AL

O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado José Sarto (PDT), anunciou que a retomada gradual das atividades presenciais da Casa, prevista para a quarta fase do plano de flexibilização das regras de isolamento social em Fortaleza, se mantém agendada.

Sarto mencionou reunião realizada com o secretário estadual da Saúde, Doutor Cabeto, que trouxe protocolos e orientações importantes para o Parlamento. Ele citou também encontro na semana anterior com o epidemiologista Antônio Lima, mais conhecido como Tanta. 

Segundo o parlamentar, a expectativa é realizar, no dia 20 de julho, exames de PCR em deputados e num grupo mínimo de servidores para convocar sessão presencial após os resultados. “Vamos testar com o PCR os servidores, que vão nos acompanhar (na sessão), de vários departamentos, Taquigrafia, Departamento Legislativo, Procuradoria. E vamos também oferecer e testar companheiros da imprensa que vão cobrir a Casa. Evidentemente, como já colocamos, obedecendo distanciamento, usando EPIs, máscaras, higienização das tribunas, que serão usadas alternadamente”, reforçou. 

O presidente da Assembleia informou também sobre reunião técnica de profissionais da Secretaria de Saúde com gestores da Casa para alinhar os procedimentos e conduzir os exames com agendamento, evitando aglomerações. Mesmo após o exame de PCR, ele afirma que os mesmos servidores serão submetidos novamente a teste rápido no dia 23 para participarem da sessão presencial. 

O rito obedecerá ao mesmo modelo de sessões ordinárias, com primeiro expediente, ordem do dia, segundo expediente. Deputados que compõem grupo de risco poderão acompanhar a sessão a partir de seus gabinetes. “Não é necessário ter simultaneamente no Plenário 46 parlamentares”, reforçou Sarto. Para preservar a segurança de todos, não será liberado ainda na primeira fase o acesso de visitantes.

“No primeiro momento, vamos ter controle rígido no ingresso para proteger servidores, deputados, assessores, e evitar que a Assembleia se torne foco de transmissão do Covid. Estamos obedecendo a todo esse protocolo sanitário que está sendo concluído com a Secretaria Estadual de Saúde”, enfatizou. Sarto informou que, até a manhã da última quarta-feira (8), já foram realizados cerca de 700 testes rápidos em deputados e servidores. “Inclusive temos aí um percentual de positividade em torno de 8%”, informou, acrescentando que essas pessoas foram orientadas a procurar o serviço de saúde e obedecer o protocolo de isolamento. Além disso, ele citou que cerca de 15% dos testados, até o momento, apresentaram anticorpos (IGG positivo), o que, em tese, significa que há imunidade.

Os dados são preliminares e os testes rápidos ainda estão em andamento. O parlamentar acrescentou ainda que a sede da Assembleia já conta com totens com álcool em gel, sinalização com orientações de distanciamento social e informações educativas para prevenir contágios. Além disso, foram adquiridos EPIs, que serão disponibilizados às equipes, e equipamentos de medição de temperatura.

Deixe uma resposta