Empresa se integra a ações para impulsionar a transformação 5G no Brasil

As operadoras de telefonia iniciaram recentemente os testes da tecnologia 5G no Brasil. Já a partir deste mês parte dos clientes terá acesso à rede de quinta geração.  Enquanto outros países iniciaram sua implementação, o país ainda se prepara para o leilão do espaço da rede, que deve ocorrer em 2021. Para funcionar com capacidade máxima, o 5G precisa ser transmitido na faixa de frequência de 3,5GHz, ainda indisponível para as operadoras brasileiras. Por enquanto, a rede funcionará, “emprestando” as faixas de frequência do 3G e 4G, o que implica velocidade menor.

A rede 5G promete trazer enormes avanços tecnológicos, que vão desde carros autônomos a transformações no atendimento médico e hospitalar. Por sua taxa baixíssima de latência, ela permite a conexão de inúmeros dispositivos ao mesmo tempo, sem que haja congestionamento de rede. Ciente da importância desta tecnologia, a DigiCert, Inc., fornecedora líder mundial de TLS / SSL, IoT e outras soluções PKI, anuncia um conjunto robusto de recursos que permite que os provedores de telecomunicações implantem serviços de rede 5G em ambientes de nuvem, mantendo a segurança, conformidade e desempenho. Hospedado na plataforma DigiCert One, a IoT Device Manager fornece suporte para uma autenticação sólida em ambientes dinâmicos da nuvem, além de escalabilidade e integridade operacional.

Hoje as organizações de telecomunicações enfrentam uma variedade de desafios de transformação à medida em que migram para o 5G com data centers em nuvem. Muitas delas estão saindo de ambientes físicos com técnicas de autenticação primitiva, uso mínimo de criptografia e chaves pré-compartilhadas. Essas infraestruturas tradicionais são, além de caras, ineficientes e inflexíveis, retardando a entrega de novos serviços. Cada vez mais, estas empresas estão optando pela adoção de modelos de negócios mais dinâmicos criados com base na mentalidade do DevOps. Esses ambientes 5G e em nuvem são virtualizados, escaláveis ​​dinamicamente e permitem agilidade comercial incomparável.

Provedores de telecomunicações ao redor do mundo exigem uma plataforma projetada para os modelos de negócios modernos, altamente dinâmicos e nativos da nuvem. A plataforma deve fornecer autenticação sólida em ambientes locais, na nuvem e a capacidade de executar em grande. Além disto, precisa garantir a integridade operacional para ajudar as organizações a cumprir os requisitos de conformidade e os mandatos legais.

A solução da DigiCert foi desenvolvida para dar suporte a novos modelos e  oferece:

• Robusta segurança IoT, estabelecendo uma raiz de confiança por meio de PKI para autenticação, criptografia e integridade dos dados. Por meio de uma ferramenta simples de gerenciamento de identidades, ela permite que as organizações atribuam e gerenciem a identidade do dispositivo em grandes ou pequenos volumes, em qualquer estágio do ciclo de vida, operando com total visibilidade dos certificados emitidos para os mesmos.

• Escalabilidade para ambientes 5G e nuvem, com suporte para uma variedade de protocolos de gerenciamento de certificados, incluindo API RESTful, EST, CMPv2 e EST.

• Suporte para ampla integridade operacional para atender aos requisitos de conformidade e mandatos legais. Utilizando metadados, a IoT Device Manager permite uma integração mais ampla de ferramentas que antes eram incapazes de compartilhar informações e integrar-se sem problemas. Ao reunir uma gama diversificada de dados de várias fontes, permite que as organizações obtenham informações e valores adicionais para dar suporte ao gerenciamento de dispositivos.

“À medida que as telecomunicações, os fabricantes e outras organizações passam para modelos cada vez mais dinâmicos, a IoT Device Manager fornece a flexibilidade e a escalabilidade rápida necessárias para suportar a migração 5G e a nuvem”, explica o vice-presidente sênior de produto da DigiCert, Brian Trzupek. “Nossa plataforma oferece os recursos, compatibilidade e desempenho que nossos clientes precisam para acelerar sua transformação digital e aproveitar os novos modelos de negócios atraentes”, completa Trzupek.

A IoT Device Manager usa uma implementação independente de nuvem baseada em contêiner, permitindo que as organizações provisionem e incorporem a identidade do dispositivo em qualquer estágio do ciclo de vida do mesmo, da fábrica à sua implantação do vários ambientes. A solução ainda permite que os clientes simplifiquem a identidade, autenticação, criptografia e integridade do dispositivo com um único clique e casem a visualização de dados do dispositivo com dados criptográficos, de fabricação e de processo de fábrica. Ela ainda suporta interoperabilidade baseada em padrões com muitos sistemas de fabricação e provisionamento de terceiros.

Construída sobre a DigiCert One, uma plataforma de gerenciamento de PKI arquitetada e lançada em 2020 para ser o serviço de infraestrutura de PKI para os atuais desafios nativos da nuvem, a ferramenta oferece várias soluções de gerenciamento e foi projetada para todas as formas de PKI. É flexível o suficiente para ser implantada no local ou na nuvem para atender a requisitos rigorosos, integrações personalizadas e necessidades de espaço. Também implementa volumes extremamente altos de certificados rapidamente, usando infraestrutura robusta e altamente escalável. A plataforma oferece gerenciamento centralizado de ponta a ponta de certificados de dispositivos e usuários, uma abordagem moderna da PKI.

Deixe uma resposta