Naumi autoriza serviços de atenção social a mais de 5 mil famílias de residenciais do “Minha Casa Minha Vida”

/admin/view/noticia/img/20200804180256trabalho_tecnico_social.jpg

O prefeito de Caucaia (CE), Naumi Amorim, assinou ordem de serviço para a realização de atividades de caráter informativo, educativo e de promoção social para mais de 5 mil famílias de unidades habitacionais dos empreendimentos do “Minha Casa Minha Vida” do município. 

Intitulado “Trabalho Técnico Social”, as ações serão coordenadas pela Secretaria de Planejamento Urbano e Ambiental, abordando temas como mobilização social, comunicação, participação e organização comunitária, educação sanitária e ambiental, cidadania, geração de trabalho e renda, integração e organização da comunidade e gestão condominial. 

“Esse é um trabalho que eles nunca tiveram. É a oportunidade que as famílias vão ter não apenas de aprender a conviver melhor entre elas, mas até mesmo de geração de renda, com a oferta de cursos e capacitações. É uma nova e importante etapa para cada morador dessas unidades habitacionais”, enfatiza o prefeito Naumi Amorim.

“Esse Trabalho Técnico Social só está sendo executado graças ao empenho do prefeito Naumi Amorim, que entendeu a necessidade de promover um ambiente de convivência mais harmônico e produtivo para os moradores. Os profissionais envolvidos vão apresentar para cada residente novas perspectivas”, comenta o titular da Secretaria de Planejamento Urbano e Ambiental, Daniel Cavalcante.  

Estão previstos trabalhos com idosos, oficinas culturais para crianças e adolescentes, palestras nas áreas de saúde, economia, patrimônio, meio ambiente, emprego e renda, eventos informativos e atividades voltadas para a integração dos moradores e fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, entre outras.

Máurea Uchôa, síndica do Residencial São Paulo, no Icaraí, classifica como positiva a iniciativa. “Vamos ter acesso a informações que nunca tivemos. É um cuidado e uma atenção muito importante pra gente. Estamos animados”, comenta. Quem também comemora a chegada do Trabalho Técnico Social é a Eliane de Oliveira. “A gente espera que o resultado seja bom. É um presente”, diz ela, residente de uma das unidades.

Deixe uma resposta