Prefeitura de Fortaleza atualiza cronograma de obras para o segundo semestre de 2020

A Prefeitura de Fortaleza segue promovendo melhorias intersetoriais em áreas prioritárias da administração pública. O prefeito Roberto Cláudio coordenou, na tarde desta segunda-feira (10/08), reunião com secretários municipais para atualizar o cronograma de obras e investimentos do segundo semestre de 2020. No encontro, realizado no Paço Municipal, foram monitoradas as intervenções previstas e em andamento na saúde, educação, mobilidade, infraestrutura, juventude, proteção animal, entre outras áreas.

Os investimentos vêm garantindo a reforma e a construção de unidades de saúde, a requalificação de espaços públicos, a edificação de Centros de Educação Infantil e Escolas de Tempo Integral, a urbanização de lagoas, a drenagem e pavimentação de vias, além da implantação de binários, de ciclofaixas e de melhorias voltadas ao transporte público municipal.

A iniciativa inclui, ainda, a construção de novas Areninhas e a expansão da assistência à saúde animal, que deve contemplar todas as Regionais da Cidade. Nessa perspectiva, até dezembro de 2020, a população fortalezense será beneficiada com novos equipamentos e serviços, o que vai potencializar, sobretudo, a assistência a populações mais vulneráveis.

Saúde

A expansão da assistência à Saúde na Capital, contemplando todos os pontos da Atenção, será reforçada, ainda neste mês de agosto, a partir da entrega do novo Hospital da Criança de Fortaleza e da Policlínica do Passaré. Importantes intervenções em Postos de Saúde, Gonzaguinhas e Frotinhas, aliadas ao início das atividades da Coordenadoria de Desenvolvimento Familiar (CDFAM), fortalecerão o cenário de melhorias em implantação.

Já em setembro, a entrega total do Instituto Dr. José Frota (IJF2) ampliará a capacidade assistencial da Unidade. A Policlínica do Siqueira, em instalação nas imediações do Bonsucesso, também deverá ser inaugurada nesse período, ampliando a oferta de consultas e exames especializados na Capital. O cronograma inclui, ainda, a nova Casa da Gestante de Messejana.

A saúde mental das crianças de Fortaleza receberá maior assistência por meio da entrega do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) infantil da Regional V, prevista para outubro. Os esforços na área da saúde também contemplam a implantação de novas bases descentralizadas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Mobilidade

No âmbito da mobilidade, diversas intervenções otimizarão os deslocamentos e facilitarão o acesso a importantes vias do Município. De acordo com o cronograma de execuções estipulado, as obras da Avenida Alberto Craveiro, nas imediações do viaduto do Makro, devem ser concluídas até o fim setembro. O projeto inclui a padronização de calçadas, urbanização e projeto paisagístico. No entanto, o trânsito deverá ser liberado ainda este mês.

Paralelamente, as melhorias em implantação na Avenida Vicente de Castro, importante corredor turístico da Cidade, deverão ser finalizadas até a primeira quinzena de setembro. Já a nova Avenida Desembargador Moreira deve ser concluída em dezembro.

Outros territórios, a exemplo da Av. José Bastos, terão suas realidades transformadas ao longo dos próximos meses. Conforme o levantamento apresentado, o binário da Av. Senador Fernandes Távora deverá ser concluído ainda em agosto, e as intervenções completas em setembro.

Educação

Diversos Centros de Educação Infantil (CEIs) e Escolas de Tempo Integral (ETIs) ampliarão, até o fim de 2020, o parque escolar fortalezense, transformando a realidade educacional em bairros vulneráveis, como Barroso e Vila Velha.

Juventude

Importante política direcionada à Juventude, a Rede Cuca deverá, entre outubro e novembro deste ano, ser ampliada a partir da entrega de dois novos equipamentos situados nos bairros Pici e Conjunto José Walter.

Proteção Animal

Entre agosto e setembro, Fortaleza contará, com, pelo menos, dois novos VetMóveis. Já em outubro, as ações de proteção animal serão reforçadas com a entrega da Clínica Veterinária Popular.

Empreendedorismo

A expansão do Projeto Meu Bairro Empreendedor deverá chegar aos bairros Vicente Pinzon, Serviluz, Jangurussu, Vila Velha, Planalto Ayrton Senna, Parque Santana, Parangaba, José Walter, Pirambu e Messejana. As obras em diversos destes territórios estão iniciadas e deverão estimular a economia local.

Proteção Urbana

Por meio do Programa Municipal de Proteção Urbana, a Prefeitura de Fortaleza já implantou nove Células de Proteção Comunitária em territórios estratégicos da Cidade. A iniciativa em expansão deve beneficiar, em breve, novas regiões, como os bairros Panamericano e Mondubim.

Intervenções paralelas

O Polo da Varjota, relevante território gastronômico da Capital, deve ser entregue ao longo das próximas semanas. Já a nova Avenida Beira Mar de Fortaleza deverá ser concluída até outubro deste ano.

O novo Lago Jacarey, também em fase de acabamentos, incluirá, por meio de novo redesenho urbano, melhorias voltadas à infraestrutura e à mobilidade urbana. A iniciativa visa estimular a ocupação qualificada do espaço público com foco na segurança viária. A novidade irá transformar positivamente o cenário local, pautado pela convivência, pela prática de exercícios, pela gastronomia e pelo comércio local.

Ainda durante a reunião, na qual estiveram presentes gestores da Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), Secretaria Municipal de Governo (Segov), Chefia de Gabinete, Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), Secretaria Municipal da Educação (SME), Secretaria Municipal da Saúde (SMS), entre outras, o prefeito Roberto Cláudio destacou que o intuito do encontro é garantir a conclusão das obras e entregar benefícios capazes de transformar para melhor, sobretudo, as áreas mais vulneráveis da Cidade.

Mais Ação

Os recursos, de R$ 1,5 bilhão, estão sendo investidos em toda a Capital e são resultado do financiamento de seis bancos nacionais e internacionais, como Caixa Econômica Federal, Santander, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e Banco Mundial.

Deixe uma resposta