Procon de Fortaleza determina prazo de 24 horas para Enel do Ceará solucionar filas em agências

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) notificou hoje (terça-feira, 11/08) a Enel Distribuição Ceará para que solucione, em até 24 horas, as filas nas agências de atendimento. Consumidores denunciaram a demora para entrar nas unidades de atendimento da concessionária, o que tem ocasionado aglomeração de consumidores, gerando risco à saúde por conta da disseminação do novo coronavírus. A concessionária pode ser multada em até R$ 13 milhões, por descumprir a determinação.

Para a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, a concessionária de energia tem obrigação de fornecer serviço adequado, eficiente e seguro, como prevê o Código de Defesa do Consumidor, no artigo 22. “A Enel deve se adequar quanto ao atendimento presencial dos consumidores, garantindo a segurança sanitária de quem busca seus serviços”, explica.

Ainda segundo Cláudia Santos, é inadmissível uma empresa de tamanho porte econômico não se preocupar com uma questão tão básica, neste momento de disseminação do coronavírus.

Como denunciar
Denúncias podem ser realizadas no Portal da Prefeitura de Fortaleza (www.fortaleza.ce.gov.br), no campo defesa do consumidor e, também, pelo aplicativo Procon Fortaleza e ainda pela Central de Atendimento ao Consumidor 151

Deixe uma resposta