Semana Brasil, voltada para o varejo, será realizada de 3 a 13 de setembro em todo o País

Quais são as tendências do varejo pós COVID-19? | LABFIN.PROVAR-FIA

O Instituto para Desenvolvimento do Varejo(IDV) lançou as ações da Semana Brasil, evento agendado para de 3 a 13 de setembro e tem o objetivo de unir todo o comércio e o varejo do Brasil para criar uma nova realidade e celebrar a retomada responsável, com segurança, da economia e dos empregos. A primeira edição, em 2019, foi iniciativa da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), e a deste ano tem tudo para ser maior do que a do ano passado, alicerçada em três pilares: colaboração, otimismo e oportunidade. O atual momento é ideal para se potencializar este movimento, pois esta será a primeira grande data do varejo após a reabertura do comércio. Além disso, o consumidor está mais pragmático, pois houve aumento do sentimento de racionalidade.

Coordenada pelo IDV, a Semana Brasil tem o apoio de diversas entidades e unirá todos os setores econômicos e concorrentes, levando vantagens reais aos consumidores para estimular o consumo. Todo o varejo se uniu, por meio de suas entidades, para realizar o evento deste ano, amplificando o seu alcance e dando condições para que pequenas e médias empresas também possam se engajar e tirar proveito desta retomada.

A comunicação da campanha foi criada pela Agência Pullse, e também serão passadas aos consumidores todas as orientações para que não ocasionem aglomerações.

A crise ocasionada pela Covid-19 gerou enorme impacto em todos os setores da economia brasileira, e fatores econômicos e sociais modificaram profundamente a relação com o consumo, tornando-o mais racional e menos emocional. “As pessoas estão mobilizadas para salvar negócios e empregos, alguns indicadores têm mostrado uma reação da economia e há uma demanda reprimida, pois muitos consumidores estão ansiosos para retomar a rotina das compras, mas de forma mais consciente, aguardando por oportunidades reais de bons negócios”, explica Marcelo Silva, presidente do IDV.

A edição do ano passado foi um sucesso, pois houve o engajamento de todos os setores do varejo, comércio e serviços, os consumidores tiveram benefícios reais e ela beneficiou toda a economia do país. “Estamos mobilizando todo o varejo para buscar as melhores formas de viabilizar as ações promocionais. Esta é uma ação totalmente suprapartidária, que trará benefícios para a economia do país como um todo”, comenta o conselheiro do IDV, Marcos Gouvêa de Souza.

Deixe uma resposta