Inclusão dos afetos nos negócios pode gerar resultados positivos no longo prazo

SOBRE A TRICONSULT | Triconsult

A prática empresarial, que nas últimas décadas passa por transformações substanciais em suas formas com a inclusão de outros valores para além dos resultados numéricos e de performance dos lucros, tem se orientado também por novos paradigmas. A conclusão é de Ariolino Andrade, um dos consultores que mais tem desenvolvido trabalhos que buscam implementar novas práticas que incluem afeto e emoção nas esferas empresariais, algo jamais pensado antes em negociações.

Muito antes de a pandemia colocar em xeque tudo o que se considerava definitivo, essas questões fizeram nascer o conceito ALINHAR, criado por Andrade, e que propõe um jeito novo de se olhar as coisas de sempre. No mundo corporativo, esse conceito trabalha o AMOR como ponto de partida para se chegar a um Resultado que seja partilhado por todos os stakeholders, subvertendo ideias consagradas de hierarquia e rigidez de papéis.

Com um cenário econômico cada vez mais propenso ao empreendedorismo nos últimos anos, uma vez que ocorre uma queda substancial dos juros, naturalmente o investimento se volta tanto para novos negócios quanto para marcas já estabelecidas, que precisam se reinventar, num momento ainda peculiar por conta dos impactos da Covid-19. “O que podemos dizer é que uma grande transformação ocorrerá no País, queiram ou não os gestores que estão à frente das empresas. Tendo isso em vista, velhas práticas que visam apenas o lucro e não colocam toda cadeia de stakeholders, sentimentos e emoções no negócios, tende a repetir um sistema ao qual já vimos que está fadado ao fracasso”, reforça Andrade.

Ao longo de seus mais de 25 anos de atuação, Andrade viu ressurgir ou simplesmente guiou empresários aos afetos mais genuínos e que foram responsáveis por criar e manter empresas de todos os portes e formatos – com investidores ou mesmo companhias familiares – que foram transformadas ao colocarem aspectos não muito usados no dia a dia delas, como emoção, amor, integridade, audácia e outros. “Criei o método ALINHAR Amor a Resultado. Um acrônimo (Amor, Legado, Integridade, Netpeople, Hábitos, Audácia e Resultados) que trouxe para muitas empresas, ao qual fui chamado a prestar consultoria, uma visão mais humana e que promove uma jornada consciente que, ao final, provoca um efeito virtuoso em todo o ecossistema ao qual ela faz parte”, comenta Andrade. 

É provado, de acordo com o Instituto Capitalismo Consciente Brasil, através do livro “Empreendedorismo Consciente”, que empresas que se propõem a uma gestão mais humanizada, que colocam essa emoção e afeto nos negócios possuem colaboradores 224% mais satisfeitos, aumentam a satisfação dos consumidores em 239% e têm um retorno 132% maior para investidores e acionistas do que empresas que não realizam práticas humanizadas. 

Histórico de cases que geraram resultados mais humanos e conscientes

Ariolino Andrade está envolvido com o ecossistema dos negócios desde a década de 1990, quando passou a desenvolver projetos em empresas de médio e grande porte dos setores industrial e financeiro, tanto no Brasil como no exterior. Dentre os projetos realizados destacam-se os efetuados para Unipac, Jacto Agrícola, Baldan Implementos Agrícolas, PwC, Veirano Advogados, TAM Viagens, Gentil Negócios, Premier Pet, Limppano, BHL Group Barbados, Five Star Curaçao, FBN-Family Business Network, IBGC, Instituto Ethos, Instituto Desenvolvimento do Varejo, Abrafarma entre outros.

“Foram desafios que, mesmo lá no início, davam a indicação de que essa transformação, essa importância dos sentimentos e emoções colocada nos negócios, transformam inevitavelmente o ambiente de negócios ao qual cada uma das empresas está envolvida”, acrescenta Andrade. 

Deixe uma resposta