Saul Maciel (PDT) é líder em intenções de voto para prefeito de São Benedito (CE), segundo pesquisa

Pesquisa sobre as intenções de voto para as eleições de domingo próximo no município cearense de São Benedito tem o pedetista Saul Maciel como líder em todos os cenários. A sondagem foi realizada pelo instituto Real Time Big Data. O pleito será no próximo domingo, 15.11.

Na espontânea, o candidato Saul Maciel (PDT) alcançou 40% dos votos, seguido por Dr. Michell (PSD), com 25%. Totonho Lima, do PMB, ficou tem 3% e Henrique Santana (PSC) recebeu 2%. Nesse levantamento, 16% dos entrevistados informaram que pretendem votar em branco ou anular o voto. Por fim, 14% não souberam responder ou não responderam.

Na sondagem estimulada, Saul Maciel obtém 48% das intenções de voto e Dr. Michell fica com 34%. Totonho Lima tem 7% das intenções de voto, com Henrique Santana surgindo na sequência (3%). Votos em branco ou nulo somam 5%, enquanto 3% dos entrevistados não souberam responder ou não responderam.

O Real Time Big Data divulgou também o resultado que considera votos válidos em São Benedito. Nesse cenário, Saul Maciel atinge 52% das intenções de voto, seguido por Dr. Michell, com 37%. Totonho Lima tem 8%, enquanto Henrique Santana fica com 3%.

O instituto autofinanciou a pesquisa. O levantamento foi realizado entre 8 e 11 de novembro de 2020, com 400 entrevistas. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, com nível de confiança de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com o número CE-03985/2020.

Saiba mais

A divulgação de pesquisas eleitorais é arbitrada pela Lei 9.504/1997. Conforme o Artigo 33 dessa norma para eleições, só podem ser publicadas as pesquisas que entidades, empresas ou institutos de pesquisa de opinião tenham registrado junto à Justiça Eleitoral, ao menos cinco dias antes da divulgação. A regra, que começou a valer no dia 1º de janeiro, é disciplinada pela Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 23.600/2019, que regulamenta os procedimentos relativos ao registro e à divulgação de pesquisas.

A resolução prevê a aplicação de sanção às empresas responsáveis pela divulgação de pesquisas sem o prévio registro das informações constantes de seu artigo 2º, entre elas: o nome do contratante; o valor e a origem dos recursos despendidos; a metodologia e o período de realização do levantamento; e o questionário completo aplicado ou a ser aplicado. A multa prevista é de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00.

O registro prévio deve ser feito pela Internet pelos responsáveis pelo levantamento, que também devem dispor de cadastro no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais. A consulta sobre as pesquisas pode ser feita por qualquer pessoa pela Internet.

Confira a seguir tabelas com os resultados das pesquisas em São Benedito.

Deixe uma resposta