Estudo do Ipece mostra importância da indústria com base em análise da Trur/CE

Em análise da atividade industrial no Ceará com base nas informações da Tabela de Recursos e Usos Regional para economia cearense (Trur/CE), que permite conhecer com maior profundidade as características estruturais da manufatura cearense e sua contribuição para o funcionamento da economia estadual, a Diretoria de Estudos Econômicos (Diec) do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) lançou o Ipece Informe  (nº 186 – Dezembro/2020) – Indústria Cearense: Uma análise estrutural a partir da Tabela de Recursos e Usos Regional para o estado do Ceará.

De acordo com o analista de Políticas Públicas Witalo de Lima Paiva, autor do trabalho, os números analisados no estudo ampliaram o entendimento quanto a importância da atividade industrial na composição da oferta (e não apenas da produção), no consumo intermediário, nas relações comerciais com o resto do Brasil e na formação bruta de capital. “Esta relevância para economia, aqui explicitada, certamente ficaria despercebida nas avaliações mais comuns e tradicionais, como as que consideram apenas a participação da atividade na produção ou no valor adicionado da economia” – frisa, acrescentando, no entanto, que os resultados e análises apresentados são iniciais.

Ele explica que antes da Trur as estatísticas disponíveis permitiam apenas uma leitura da atividade a partir de seu desempenho produtivo, sob a ótica da produção e, de certo modo, também sobre a renda, não favorecendo “de forma tecnicamente robusta, consistente, a avaliação de outras dimensões relevantes do funcionamento da economia, como a oferta, o consumo intermediário, a demanda final e seus componentes”. Com a Trur, com oferta e demanda devidamente equilibradas, estas avaliações adicionais são possíveis e passam a complementar com qualidade e relevância as informações e análises mais comumente disponíveis.

De acordo com o Analista de Políticas Públicas do Ipece, a partir dos resultados – comentados e sintetizados – no estudo é possível identificar a importância da atividade industrial e de seus produtos em momentos principais do funcionamento do sistema econômico. Ele ressalta que os resultados e análises são iniciais e que um conjunto amplo de estudos, a partir da Trur/CE, é possível e desejado, desde abordagens mais aprofundadas e detalhadas para própria indústria, como também sobre outras atividades econômicas, segmentos específicos.

Witalo Lima garante que o estudo constrói uma linha de base, algo relevante para estudos e atualizações futuras da Tabela de Recursos e Usos para economia cearense. Para concluir, afirma que “outra opção interessante seria a análise comparativa com outras unidades de federação com tabelas de recursos e usos cujos anos de referência estejam próximos do ano adotado para o Ceará, como as existentes Minas Gerais e Bahia.”

ACESSE AQUI O INFORME 186.

Deixe uma resposta