Páscoa traz oportunidades de renda extra e Senac-CE qualifica empreendedores

Para Edilene Guimarães, a Páscoa se tornou uma oportunidade de negócios. A vendedora de materiais de pintura estava precisando gerar renda extra e investiu em um curso de Ovos de Páscoa, no Senac Ceará, no início de 2020. Com as técnicas e habilidades desenvolvidas mais sua expertise em vendas, Edilene conseguiu superar as dificuldades financeiras ocasionadas pela pandemia, comercializando não só os tradicionais Ovos de Páscoa, mas barras de chocolate recheadas e bombons trufados. Hoje, ela faz também bolos e tortas com chocolate e frutas, trabalhando por encomenda, para festas e aniversários, além de criar kits para presentear.

Para quem está planejando faturar nesse período, Edilene avisa “que o sucesso em vendas é mesmo o Ovo de Páscoa. Faz parte da tradição das famílias e as crianças ficam encantadas, principalmente se esses são decorados com seus personagens favoritos”. De olho nas tendências, pois o mercado da Gastronomia é dinâmico, ela destaca que em 2021 essas delícias vêm em novos sabores e embalagens. Desde o ano passado, por exemplo, ela lançou o kit confeiteiro, “para as crianças brincarem em casa de confeccionar o próprio Ovo de Páscoa de colher, com recheio e cobertura”.

Uma das principais datas de vendas no comércio, a Páscoa também movimenta o mercado do artesanato. A especialista em Marketing e artesã, Luana Costa Neris, complementa a sua renda criando peças artesanais e, em fevereiro, já lança os produtos sazonais. “Geralmente as pessoas buscam mimos para presentear, principalmente para as crianças. Os mais solicitados são: cenourinha de tecido recheada de chocolates, cestinhas de patchwork para colocar ovos de Páscoa, conjuntos de jogos americanos em formato e tema de coelhinho”, diz. “Os mais ousados pedem capas para colocar vinho, guirlanda temática e ainda coelhinhos, Ovos de Páscoa e cenourinha de tecidos para pendurar em árvores”, complementa.

Luana começou fazendo suas peças para as filhas e amigas, mas hoje já tem a sua marca, Fino Recorte Design. “Na verdade, desde pequena convivi e via minha avó e mãe costurando, fazendo crochê, mas nunca tive tempo para aprender. Há dois anos eu me separei, senti a necessidade de agregar algo diferente à minha rotina e a vontade de fazer artesanato brotou em mim”, relembra.

Ano passado ela fez o curso de Patchwork no Senac Ceará e aprendeu a fazer todo tipo de artesanato usando a técnica. Até então fazia só por hobby. “De tanto falarem para eu vender minhas coisas, decidir ter uma marca própria. Então, uni esse desejo com a necessidade de complementar a renda em casa”, conta. Luana está só começando, mas tem grandes sonhos: “aos poucos estou profissionalizando meu trabalho e a marca. Com a pandemia, tive que mudar alguns planos, mas meu maior desejo é poder mostrar as minhas criações para todo o país”.

Para quem está planejando empreender também, o Senac Ceará mantém uma programação de cursos bastante diversificada. Específicos para a Páscoa, já estão abertas as inscrições para as turmas de março, em formato remoto ao vivo, de Cozinhar para Vender: Chocolates para Páscoa e Artesanato de Páscoa com Tecido. Para as mães empreendedoras, tem também o curso Artesanato para Entretenimento Infantil, para estimular a criatividade das crianças em casa, em tempos de pandemia.

Para ver mais informações sobre esses e outros cursos, acesse o site do Senac: https://bit.ly/3geRw36.

Deixe uma resposta