Programa Mais Renda inicia atividades do ano contemplando municípios do Interior do Maranhão

Oportunidade de capacitação e condições para a autonomia financeira. Com esse foco, o programa Mais Renda vem melhorando a vida de milhares de maranhenses que têm o sonho de ter o próprio negócio. Em mais uma etapa, a ação do Governo do Estado vai beneficiar pequenos empreendedores de 19 cidades do interior do Maranhão com os kits de negócios. Os materiais foram entregues em solenidade no Palácio dos Leões, pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

O governador Flávio Dino enfatizou o viés do programa em apoiar os pequenos empreendedores. “Acreditamos que, ao estimular o empreendedorismo, estamos estimulando a geração de renda e garantindo que, apesar da pandemia, essas pessoas consigam manter a subsistência de suas famílias. Com a pandemia, houve perda de renda das famílias e, por isso, estamos intensificando as ações sociais e de estímulo ao trabalho e renda”, pontuou Dino.

Com esse apoio, os microempreendedores vão constituir um trabalho, contribuir para a renda de suas famílias e melhorar sua condição de vida, reforçou o governador Flávio Dino. Na fala, citou ainda ações sociais do Governo do Estado, como o programa Minha Casa Melhor, que concede R$ 600 para melhorias residenciais; entrega de cestas básicas; manutenção de 54 Restaurantes Populares e outros.

A iniciativa estadual é coordenada pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes). Presente à solenidade, o titular da pasta, Márcio Honaiser, destacou a importância da iniciativa. “O programa leva às pessoas contempladas a oportunidade de manter sua renda e apoiar suas famílias. Foram capacitados, qualificados e, agora, recebem os equipamentos para poderem trabalhar e suprir as necessidades de suas famílias. Nesse momento de pandemia em que vivemos, ter como trabalhar é muito importante”, avaliou Honaiser.  

O programa avança com a ampliação das capacitações, que garantem as aulas teóricas e práticas aos beneficiários em vários municípios. Paralelamente, permite a inclusão de novas atividades e profissões. Com a ampliação, o programa dobrou o número de municípios capacitados – atualmente são 29 localidades atendidas pelas carretas do Mais Renda.   

Antecipando o recebimento dos materiais, os microempreendedores são capacitados sobre a atividade. A formação é realizada em unidades móveis equipadas com salas de aula teórica e prática, garantindo um aprendizado integral ao participante. Na teoria, os conhecimentos vão desde o eixo humano, passando pelo gerencial e a prática propriamente dita, com carga horária de 42 horas de aulas.

Deixe uma resposta