A Coluna do Roberto Maciel (sábado, 06.03): O caminho que Flávio Bolsonaro está trilhando

Esse garoto tem futuro: cadeia
– Filho “01” do presidente Jair Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro é aquele na família que aparenta ter mais tino para negócios. Além de ser dono de uma próspera loja de chocolates num shopping discreto e pouco movimentado do Rio de Janeiro, o parlamentar tem no cartel uma espetacular sequência de compras e vendas de imóveis também na capital fluminense. Flávio é, de fato, “fenomenal”. E não se conta aqui a fluidez com que o dinheiro circulava no gabinete que o abrigava quando era deputado estadual – valores que, como já noticiou a crônica policial, era movimentado pelo operoso Fabrício Queiroz, um ex-PM que, ligado a milicianos, tinha vaga no mandato de Flávio. O talento do senador para lidar com números é tão realçado que observadores da cena política são unânimes em avaliar que cabem a ele as operações no cofre do clã e que, nessa posição, só presta contas ao pai. Pois Flávio Bolsonaro fez mais uma: comprou uma casa em Brasília por R$ 5,97 milhões.

O montante a ser desembolsado pelo “01” é dinheiro que parlamentar nenhum junta em anos de serviço público honesto – pelo menos os que vivem do salário que ganham. Imagine agora se fosse o filho de Lula (que, segundo a ficção política, limpava cocô de elefantes em zoológico e acabou sendo dono de uma Ferrari de ouro, da Friboi e da Oi – veja abaixo).

Ou se fosse a filha de Dilma Rousseff (dona da Havan, conforme a mesma ficção política – no caso abaixo, uma invencionice espalhada por uma contumaz mentirosa, a hoje deputada federal Carla Zambelli).

A propósito disso, perfis bem-humorados das redes sociais enxergaram a tenebrosa transação feita por Flávio. Não duvide que Flávio Bolsonaro, se submetido a uma investigação sobre como arranja tanto dinheiro, pode estar ladrilhando com pedrinhas de brilhante o caminho para a penitenciária. E arrumando jeito de levar mais gente, inclusive mais graúda, com ele.

Bolsonaro acabou com a corrupção
Pensando bem, a sorte de Flávio é que o paizão dele “decretou” o fim da corrupção no Brasil e, para marcar os novos tempos, acertou um tiro na cabeça da Operação Lava Jato – aquela que, mesmo sem provar nada, manobrou a Justiça e a opinião pública para condenar Lula à prisão, deixá-lo encarcerado e inelegível por dois anos e favorecer a eleição de Jair Bolsonaro à Presidência da República. E olha que Lula pegou cadeia por causa de um apartamento num prédio decadente de uma praia igualmente sem encantos, sem documentação que o vinculasse ao imóvel.

Ambiente
A Assembleia Legislativa do Ceará vai fazer audiência pública, em conjunto com a Câmara Municipal de Pacoti, para tratar de benefícios da readequação das estações de tratamento de esgoto daquele município serrano. A obra é iniciativa governamental e planeja implementar novas tecnologias ao sanitário. Os autores do requerimento da audiência, deputados Acrísio Sena (PT) e Nelinho (PSDB) destacam repercussões nas áreas da saúde, preservação e proteção ambiental e desenvolvimento econômico.

Marco
Há outro elemento na reformulação do saneamento de Pacoti. É o cumprimento de mecanismos de adequação dos municípios ao marco legal regulatório do saneamento básico, aprovado pelo Congresso Nacional e submetido à sanção presidencial.

A bordo
Compromisso firmado pelo presidente da Câmara de Fortaleza, Antônio Henrique (PDT), com representantes do transporte escolar: mediar demandas relevantes para a categoria – que tem passado por grandes dificuldades devido à pandemia do coronavírus. Henrique já dialoga com os trabalhadores desde o ano passado. Até conseguiu aprovar proposta autorizando o transporte escolar a realizar outros tipos de frete. Também defendeu a isenção do IPVA 2021 para os veículos do setor.

Independência

Fernanda Melchionna apresenta projeto que cria selo "Empresa Machista" para  combater desigualdade salarial - PSOL 50


Projeto da deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS, acima) permite que estados, Distrito Federal e municípios comprem vacinas contra a covid-19 diretamente dos fabricantes. Com isso, as unidades ficarão livres da dependência do Governo Federal. A autorização teria como “gatilho” qualquer caso de descumprimento do cronograma do Ministério da Saúde no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19. E, convenhamos, situações assim têm sido abundantes.

Ao vivo
Sempre às terças-feiras, realizamos lives no Instagram com a marca “Coluna da Hora”, começando às 18h. São encontros de uma hora e o internauta pode acessar e participar pelo perfil @robertoamaciel. Também mantemos no YouTube o canal Coluna da Hora, com entrevistados bem interessantes.

Fale com a gente
Você tem canais permanentes com o Portal InvestNE. Nosso e-mail é portalinvestne@gmail.com e o número de WhatsApp é +55 85 99855 9789.

Deixe uma resposta