Ceará lança edital de R$ 4 milhões para atender setor de eventos

O Governo do Ceará lançou hoje (quinta-feira, 11.3) edital que destina R$ 4 milhões para eventos corporativos virtuais. O edital havia sido anunciado em fevereiro pelo governador Camilo Santana (PT), visando a selecionar propostas de eventos corporativos por empresas, entidades ou organizações com atuação no Estado do Ceará, em formato virtual, no período da pandemia da Covid-19.

“O setor de eventos tem sofrido muito por conta das restrições à realização desse tipo de atividade. Então, será lançado um edital de R$ 4 milhões para essas atividades, esse segmento, esse setor de eventos corporativos aqui no Estado do Ceará”, disse o governador.

Os interessados podem inscrever projetos que devem ser realizados no formato virtual com o intuito de promover discussões acerca de temáticas de relevância para o mercado de trabalho, de qualquer área de atuação, mediante a realização de seminários, simpósios, congressos, feiras e exposições.

A ideia é que as propostas selecionadas incentivem a capacitação e atualização profissional por meio das novas tecnologias, com foco no estudo, no compartilhamento de experiências profissionais, na sustentabilidade e no desenvolvimento de novos negócios, proporcionando avanços econômicos e significativos ao Estado do Ceará.

O edital prevê a seleção de projetos que oportunizem a preparação do jovem para acesso ao primeiro emprego por meio do ensino de competências relevantes para o cotidiano das empresas, devendo ser exibido em plataforma de hospedagem de vídeo, com programação gravada ou ao vivo, buscando aprimorar o desenvolvimento econômico da população cearense.

Edital está disponível aqui.

Inscrições

As inscrições serão gratuitas e realizadas exclusivamente através do Mapa de Políticas Públicas, por meio do link disponível no endereço eletrônico: https://www.casacivil.ce.gov.br/editais/, no período de 12 a 26 de março de 2021.

Poderão participar do edital apenas pessoas jurídicas de direito privado, com ou sem fins lucrativos, constituídas segundo as leis brasileiras, com atuação no Estado do Ceará. A pessoa jurídica que propor o projeto também deve ser responsável pela organização e realização do evento.

A participação depende do cadastro no Mapa de Políticas Públicas, plataforma colaborativa que reúne informações sobre agentes, espaços, eventos e projetos culturais do Estado do Ceará.

Não serão aceitas propostas entregues presencialmente na sede da Casa Civil ou materiais postados via Correios.

Deixe uma resposta