Aplicativo próprio pode gerar economia de R$ 10 mil em pequena empresa

Oito em cada dez estabelecimentos que trabalham com entregas em São Paulo reclamam do atendimento dos aplicativos líderes de mercado, de acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). A entidade publicou um estudo em junho do ano passado com cerca de 300 bares e restaurantes de São Paulo, que mostrou que 73,5% estão trabalhando com entregas e deste total, 80% estão insatisfeitos com o atendimento dos aplicativos.

Pensando nisso, a startup Creapp tem fornecido soluções para ajudar empresas a criarem um aplicativo próprio de forma rápida e custo fixo. “O nosso objetivo é ajudar empresas a alcançarem seus clientes e gerir seus negócios em um único aplicativo e economizar”, explica Fernando Duque, CTO da startup.

A startup Creapp nasceu em 2017, com o objetivo de ajudar empresas a alcançarem seus clientes sem terem que pagar altas taxas e depender de outros aplicativos. A criação do aplicativo próprio permite a empresa ter total controle sobre a gestão das entregas, construírem sua marca e expandirem seus negócios com a ajuda da tecnologia.

A troca de aplicativo para uma solução proprietária tem se mostrado uma opção atraente para os mais de 450 clientes que a empresa atendeu desde o primeiro semestre de 2020.  Entre eles, a distribuidora de bebidas geladas “Quebra Galho do Negão” economizou R$16 mil com a melhoria na gestão. A empresa que fica no Rio de Janeiro passou a usar aplicativo próprio, criado com a ajuda da Creapp, para entregar as bebidas nas casas dos clientes e viram também aumentarem as vendas.

“Nós estávamos com muita demanda e não estávamos conseguindo atender todo mundo, por isso, perdíamos muitas vendas. O app próprio nos ajudou a economizar e a ganhar a confiança dos clientes”, conta Leonardo Lopes, proprietário da distribuidora de bebidas geladas.

O aplicativo impacta pequenos e médios negócios como restaurantes, pet shops, salões de cabelereiro e outros porque oferece uma solução instantânea sem a necessidade de saber programar, além de reduzir custos. O foco, de acordo com o CTO, é ajudar empresas a terem mais autonomia e agilidade no processo de venda. “Hoje já atendemos outros segmentos além de food, já que, o app tem função de agendamento conseguindo atender consultórios da área de saúde e estética, pet shops, lojas de roupas, floriculturas, e até mesmo músicos, com a função de portfólio de vídeos”, destaca.

A empresa acompanhou o crescimento do setor de delivery durante a pandemia e forneceu 466 aplicativos a empresas de diversos segmentos. O modelo de negócios da Creapp permite a cobrança de uma taxa fixa mensal e não cobrar taxa por pedido.

“Além disso dispomos de algumas funções que são pagas à parte como a comanda virtual, disparo de SMS ou algumas customizações mais elaboradas”, explica Duque.

Outro benefício oferecido para as empresas é a ajuda da equipe Creapp para usarem a ferramenta, entender a melhor maneira para cadastrar os produtos, gerenciar o aplicativo e, ainda, criação de estratégias para impulsionar as vendas. “Todo processo de configuração do app é feito pelo próprio dono, de maneira bem simples, ele só precisa cadastrar seus produtos ou serviços”, finaliza Duque.

Deixe uma resposta