Mente boa, bons negócios: a yoga como meio de qualificação

A prática de yoga vem crescendo no mundo todo nos últimos anos, inclusive em grandes potências econômicas como os Estados Unidos. A pesquisa “The 2016 Yoga in America Study”, feita pela Yoga Alliance e a Yoga Journal em 2016, revela que o número de norte-americanos que praticam yoga cresceu de 20,4 milhões em 2012 para 36 milhões em 2016, o que representa mais de 50% de crescimento em apenas quatro anos.

Não apenas o número de praticantes está aumentando, mas a consciência e o interesse sobre o assunto também aumentaram: 9 em cada 10 norte-americanos já ouviram falar de yoga, um em cada três experimentou pelo menos uma vez e mais de 15% da população dos EUA já fez yoga nos últimos 6 meses.

Tais números se refletem em outros mercados ao redor do mundo, inclusive no Brasil. Segundo o professor Francisco Kaiut, “um levantamento feito pela SEMrush, em 2020, no Brasil, mostra que a busca na internet por ‘yoga’ cresceu consideravelmente durante a quarentena, um acréscimo de 50% desde o início da pandemia”.

Pesquisa da SEMrush mostra que “outros termos relacionados à prática de yoga apresentaram um aumento ainda mais significativo: 124% para ‘aulas de yoga’, 184% para ‘como fazer yoga’, 400% para ‘yoga para iniciantes’, 407% para ‘yoga online’ e 735% para ‘tapete de yoga’”.

Além disso, Kaiut avalia que “esses dados nos mostram que as pessoas estão cada vez mais engajadas em procurar ferramentas para cuidar de si mesmo – corpo e mente -, encontrando no yoga uma prática de saúde e bem-estar capaz de entregar resultados muito visíveis”.

A Eventbrite e a OnePoll entrevistaram mais de 2.000 pessoas e conseguiram alguns dados interessantes sobre o que motiva as pessoas a praticarem yoga:

  1. Aliviar a tensão (54%)
  2. Ficar mais forte fisicamente e mentalmente (52%)
  3. Sentir-se mais feliz (43%)
  4. Conseguir mais tempo para si mesmo (27%)
  5. Sentir-se menos solitário (21%)
  6. Desconectar-se da tecnologia (20%)

“Com essa crescente busca pela prática de yoga, é natural que a demanda por professores qualificados também cresça. Os últimos anos têm trazido diferentes e numerosas opções de cursos de formação de yoga, dos mais variados métodos e abordagens desta prática milenar. E com o avanço da tecnologia, os formatos de entrega de aulas é cada vez mais dinâmico e inclusivo, tirando a centralidade da sala de aula presencial e colocando no centro do processo aquilo que realmente é o mais importante: a obtenção de resultados para quem pratica. Aulas e cursos online ganham cada vez mais espaço”, destaca Francisco.

Praticado no mundo todo em diferentes abordagens, o yoga tem um poder terapêutico único. E foi na busca de um yoga mais ancestral, mais conectado com o resgate de mobilidade do que com aspectos religiosos, que nasceu o Método Kaiut Yoga. O diferencial deste em relação aos outros, define seu criador, é “porque adapta as posições clássicas para buscar resultados reais para os corpos do ser humano moderno, considerando a profunda evolução social pela qual passamos nos últimos milênios. Sua prática consistente proporciona resgate de mobilidade, diminui e remove os efeitos da ansiedade e promove a longevidade”.

Criado há mais de 30 anos, o Método Kaiut une desenvolvimento, aperfeiçoamento e resultados reais. Unindo seus conhecimentos de quiropraxia com sua intensa pesquisa sobre yoga, Francisco criou uma forma nova de fazer yoga, que na última década se popularizou não só no Brasil mas nos Estados Unidos.

Agora, o objetivo de Francisco Kaiut é continuar investindo no Método através da formação de novos professores. “É uma forma de suprir a crescente demanda por profissionais qualificados do mercado, além de ser uma oportunidade de promover educação continuada no universo da saúde e do bem-estar”, destaca.

Aproveitando o sucesso deste método, o professor está desenvolvendo o Instituto Kaiut Yoga de Educação Continuada. “É uma verdadeira comunidade onde os professores podem se conectar, estudar e se desenvolver com aprendizado contínuo e apoio à carreira. Mais do que formar novos professores, minha ideia é criar um lugar onde os professores possam evoluir continuamente e ter orientação”, detalha Francisco Kaiut.

Ele complementa que “o Instituto Kaiut Yoga é focado no desenvolvimento completo de um professor de yoga, fornecendo estrutura e educação continuada em temas como prática e teoria do yoga, comunicação em sala de aula, como dar aulas online, linguagem corporal, como conquistar e reter novos alunos, como lidar com degenerações articulares e muito mais. Oferece todo o suporte que alguém precisa para ser o melhor professor possível, construindo uma carreira rentável e de alto impacto enquanto compartilha a saúde com um método de yoga único”.

“Este Instituto é uma nova forma de continuar expandindo o alcance do Método Kaiut Yoga em todo o mundo, investindo em professores excelentes e engajados, dispostos a aprender e compartilhar a saúde de uma forma que ninguém mais está fazendo”, finaliza o professor.

Deixe uma resposta