Tim e Ericsson anunciam projeto em rede 5G Standalone no Brasil

A operadora Tim e a indústria de eletrônicos Ericsson anunciaram o lançamento de projeto piloto de segurança pública desenvolvido sobre uma rede 5G Standalone (5GSA) – o primeiro da série de 20 pilotos que o Ministério das Comunicações (MCOM) diz que apresentará até o fim deste ano usando o 5G em diferentes áreas. O 5G oferece recursos poderosos e flexíveis como capacidade de trafegar volumes de dados combinada a uma baixa latência e maior segurança, garantindo uma comunicação confiável para a comunidade de segurança pública. Essas características permitem que as redes 5G não apenas forneçam serviços básicos de voz e dados, mas também propiciem o surgimento de serviços inovadores baseados em vídeo e missão crítica.

O anúncio foi feito no Palácio do Planalto, em Brasília, como parte da cerimônia de abertura do Digital Day – exposição coordenada pelo MCOM, que acontece no Salão Negro do Congresso Nacional até a próxima sexta-feira, 07/5, reunindo 16 demonstrações de várias empresas e exemplos práticos de como o 5G transformará a experiência de uso da tecnologia pela população e proporcionará novas oportunidades de negócios para diferentes setores da economia a partir do leilão de frequências pela Anatel, previsto para o final do 1º semestre. A parceria entre TIM e Ericsson também permitiu ativar uma rede 5GSA no Congresso Nacional nessa semana.

Para o CEO da Tim, Pietro Labriola, trata-se de uma grande oportunidade para apresentar todo potencial da próxima geração de redes móveis: “O 5G será decisivo para promover o desenvolvimento da indústria brasileira e também os segmentos de saúde, educação, segurança, transporte até o agronegócio, cada vez mais conectado. Queremos apoiar o avanço tecnológico do país, ajudando a promover a inclusão digital. Estamos preparados para liderar o 5G, assim como fizemos com o 4G”.

A participação da Ericsson nessa iniciativa reforça sua posição de liderança no mercado e o compromisso que a empresa mantem de apoiar a evolução ao 5G no País de forma simples, segura e custo efetiva. “A Ericsson está trazendo ao Brasil a experiência ampla e sólida acumulada nos últimos anos. Fomos pioneiros na implementação do 5G nos cinco continentes e atualmente já são 85 redes comerciais ativas em 42 países utilizando nossa tecnologia de quinta geração. Temos implementado projetos e visto na prática os efeitos positivos trazidos pelo 5G em todo o mundo, em setores chave como Educação, Saúde, Segurança Pública, Indústria 4.0, entre outros. Estamos prontos para ajudar o País a ter sucesso em mais esse importante marco das telecomunicações, que é a era 5G”, disse Vinicius Dalben, CEO da Ericsson para o Cone Sul da América Latina. 

Deixe uma resposta