Empresas de tecnologia crescem durante a crise

O impacto da pandemia ainda é realidade para muitas empresas, de vários segmentos de atuação. Mas, na contramão deste cenário, as companhias de tecnologia crescem com a oferta para novas soluções e enxergam um mercado ainda mais promissor.

De acordo com pesquisas recentes divulgadas pela Gartner, para este ano, a previsão de investimento mundial na área de TI será de US$ 3,9 trilhões, o que significa um aumento de 6,2% em relação ao ano passado. A consultoria ainda destaca os segmentos que terão um crescimento expressivo este ano: Softwares Corporativos (8,8%), seguido pelos Dispositivos (8%), Data Center Systems (6,2%), Serviços de TI (6%) e Communications Services (4,5%).

Empresas de vários setores passaram a buscar produtos e serviços para facilitar o dia a dia do consumidor. Elas também tiveram que se adaptar e começaram a investir em plataformas e soluções tecnológicas para ganhar mercado e crescer.

Na UDS Tecnologia – especialista em transformação digital com desenvolvimento de software personalizado, cibersegurança, design thinking e data science, as demandas por soluções que mais cresceram em 2020 foram relacionadas ao desenvolvimento de softwares personalizados (aplicativos e sistemas web) e a Discovery, focada em descobrir oportunidades de inovação e melhorias tecnológicas para empresas clientes.

A companhia acumula um crescimento de aproximadamente 200% ao ano, e, somente em 2020, registrou um aumento de 55% pela procura de tecnologias para otimizar processos para melhorar a experiência de clientes e aumentar as vendas via canais digitais. “Ainda que sistemas prontos atendam diversas necessidades, a estratégia de muitas empresas é desenvolver plataformas próprias, personalizadas ao seu modelo de negócio e diferenciais de mercado”, ressalta Rafael Sapata, fundador da UDS.

Os responsáveis por alavancar os negócios foram, em grande maioria, os segmentos de educação, e-commerce, financeiro, logística e a indústria alimentícia, que buscaram pelos serviços de transformação digital personalizada para seguirem suas atividades mesmo com a crise.

Segundo a ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software), no ano passado, as empresas brasileiras investiram mais de US$ 40 milhões em tecnologia, e a UDS espera crescer 50% a mais do que o ano passado.

Deixe uma resposta